(65) 99638-6107

CUIABÁ

É bem Mato Grosso

Abertas as inscrições de cursos gratuitos para jovens de 16 a 25 anos

Publicados

É bem Mato Grosso


O Governo de Mato Grosso firmou uma parceria com a Solar Coca-Cola, segunda maior fabricante do Sistema Coca-Cola no Brasil, para a capacitação de jovens das cidades de Cuiabá e Várzea Grande para o ingresso no mercado de trabalho. Ao todo, estão sendo disponibilizadas 500 vagas para o Coletivo Online, programa de empregabilidade 100% digital do Instituto Coca-Cola.

As inscrições iniciaram nesta segunda-feira (18.10) e seguem até o dia 7 de novembro, de forma gratuita. Para se inscrever e obter mais informações, os interessados devem acessar o site oficial: https://bit.ly/SolarMT20214.

Para se candidatar, os interessados precisam ter idade entre 16 e 25 anos e estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. A capacitação ocorre em ambiente 100% digital, pelo aplicativo Whatsapp, e tem duração de seis semanas. Durante o ciclo de capacitação, os participantes terão acesso a aulas de planejamento financeiro, plano de vida, elaboração e construção de currículo e preparação para processos seletivos.

Após conclusão da qualificação, os alunos que cumprirem a carga horária mínima exigida, receberão certificado de participação e serão direcionados para o cadastro no banco de vagas dentro da comunidade exclusiva do Coletivo. A partir daí, eles estão aptos a concorrerem as vagas disponibilizadas por uma rede de 400 parceiros empregadores.

Leia Também:  Campeã Sulamericana de Atletismo Arielly Kailayne é homenageada

A iniciativa é fruto de uma ação conjunta entre a Solar Coca-Cola, a Unidade de Ações Sociais e Atenção à Família (UNAF), representada pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, e as secretarias de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT) e de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT).

“Estamos nos unindo para oferecer essa capacitação aos jovens da grande Cuiabá, dando condições para que se preparem para o mercado de trabalho. Inicialmente, serão 500 novos trabalhadores aptos, mas já estamos estudando a possibilidade de ampliar esse número com novas turmas para 2022”, esclarece o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda.

O gerente de Relações Externas da Solar Coca-Cola, Arthur Ferraz, ressalta que a companhia tem ampliado as ações em prol da empregabilidade de jovens no território de atuação da Solar. “Temos ampliado nossas ações em prol da empregabilidade de jovens no território de atuação da Solar. Para isso, temos contado com a parcerias de entidades governamentais e empresas na articulação de estratégias que possibilitem o suporte necessário para a preparação e empregabilidade desses jovens”, ressalta Arthur.

Leia Também:  Segurança materna e neonatal é tema de mesa redonda desta sexta-feira (17)

Sobre o Coletivo Online

O Coletivo já impactou mais de 100 mil jovens somente nos estados que compõem o território de atuação da Solar Coca-Cola (9 estados do Nordeste e Mato Grosso). Destes, cerca de 30 mil ingressaram formalmente no mercado de trabalho nos últimos anos. Só em 2021, cerca de 10 mil alunos se formaram via Coletivo no território da Solar, dos quais, três mil já ingressaram no mercado de trabalho.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

É bem Mato Grosso

Cerca de 100 feirantes passam por exame preventivo ao câncer de próstata

Publicados

em


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), por meio das equipes técnicas do Centro Estadual de Referência em Média e Alta Complexidade (Cermac), da Superintendência de Assistência Farmacêutica (SAF) e do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), realizou uma ação de prevenção ao câncer de próstata neste sábado (27.11). A ação ocorreu na Feira do Porto, em Cuiabá, das 8h às 11h, e promoveu o atendimento de cerca de 100 feirantes. 

O Laboratório Central de Cuiabá (Lacec) também foi parceiro da ação. Além da panfletagem de material com orientação especializada, foi ofertado o exame clínico de sangue – conhecido como PSA (Antígeno Prostático Específico) – para homens feirantes que se enquadraram nos requisitos necessários.

A triagem levou em consideração homens com mais de 50 anos ou com mais de 45 anos que tenham fator de risco.

“Essa é uma ação preventiva, de estímulo aos homens. A necessidade do exame de próstata e a importância desse cuidado já está bastante ensejada junto ao público masculino. Neste sábado, promovemos algo em torno de 100 atendimentos na Feira do Porto, o que evidencia à adesão do público”, declarou o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Mesmo que a busca ativa e os exames de detecção do câncer de próstata sejam responsabilidade da Atenção Básica municipal, o Estado auxilia com ações pontuais de prevenção à doença e de promoção à saúde do homem. 

Leia Também:  Mato Grosso reduz em 41,5% os alertas de desmatamento em agosto

Para o presidente da Associação dos Feirantes do Mercado do Porto, Jorge Lemos Junior, a ação do Estado estimulou os feirantes a realizarem o exame. “É muito importante essa parceria com o Governo do Estado e com a Secretaria Estadual de Saúde porque muitos têm o receio de irem fazer o exame. Com essa parceria, fica muito mais fácil a identificação do diagnóstico precoce do câncer de próstata”, disse o feirante.

De acordo com estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), para cada ano do triênio 2020-2022, ocorrerão 625 mil casos totais de câncer no Brasil, sendo que o câncer de próstata representa 29,2% do total de casos em homens.

“Nós selecionamos previamente, orientamos sobre a coleta e realizamos os exames de sangue, mas é preciso que os homens tenham a consciência de que o exame clínico com o médico é muito importante, pois 20% dos casos de câncer de próstata não são detectados no exame de sangue”, enfatizou a farmacêutica da Farmácia Estadual, Elizângela Vicuna.

Ainda estiveram presentes na ação a diretora do Lacen, Elaine Cristina de Oliveira, e a superintendente da SAF, Luci Emilia Grzybowski.

Leia Também:  Audiência pública debate PEC 32 na Assembleia Legislativa
Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA