(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Vai aproveitar a Black Friday na madrugada? Lembre do limite de valores do Pix

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
Pix tem limite de até R$ 1 mil no período noturno
Lorena Amaro

Pix tem limite de até R$ 1 mil no período noturno

A Black Friday acontece nesta sexta-feira (26) e o Pix já é oferecido como um meio de pagamento, inclusive com descontos, em muitas lojas pela internet, mas o consumidor deve ficar atento aos limites colocados pelo Banco Central (BC) para compras no horário noturno.

Quem desejar fazer compras entre às 20h e às 6h usando Pix tem um limite de R$ 1 mil já instituído automaticamente pela instituição em que tem conta. Essa medida faz parte de uma série de ações do BC para evitar golpes e fraudes utilizando a ferramenta.

Leia Também

Esse limite pode ser alterado pelo próprio cliente por meio do aplicativo do banco ou pela internet, mas há uma ressalva: as instituições têm entre um e dois dias para atender ao pedido.

O cliente também poderá customizar o horário de início do período noturno, no qual o limite se encaixa. Recentemente, o BC criou a possibilidade do horário noturno começar às 22h e terminar às 6h dependendo da preferência do cliente. A mudança deve ser implementada até 22 de julho de 2022.

Além dessa medida, o Pix ainda conta com algumas outras novidades para prevenir golpes e fraudes, como o bloqueio cautelar, em que a instituição financeira poderá bloquear os recursos por até 72 horas em casos de suspeita de fraude.

O Mecanismo Especial de Devolução também já começou a funcionar e facilita o retorno de valores movimentados em caso de suspeita de fraude ou falha operacional.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Bolsonaro publica MP para pagar R$ 400 a famílias do Auxílio Brasil

Publicados

em


source
null
Alan Santos/ PR

undefined


Após o Congresso firmar um acordo para fatiar a Proposta de Emenda à Constituição 23/2021 (PEC dos Precatórios) , o presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou a medida provisória (MP) que institui o Benefício Extraordinário. O recurso visa atender às famílias que são beneficiárias do Auxílio Brasil , programa sucessor do Bolsa Família.

O benefício terá valor necessário para alcançar a marca de R$ 400 e será pago junto à parcela de dezembro do Auxílio Brasil . Em novembro, o novo Bolsa Família teve valor médio de R$ 217,18.

Descrito como “extraordinário”, o pagamento se refere apenas a este mês de dezembro, mas com possibilidade de prorrogação de janeiro a dezembro do próximo ano, “consideradas as famílias beneficiárias no mês de referência do pagamento do referido benefício e observada a disponibilidade orçamentária e financeira”.

Leia Também

Para que o governo pague os R$ 400 planejados em 2022, ele depende da conclusão da votação da PEC. A pauta, que é alvo de discussão no Congresso, prevê o adiamento do pagamento de dívidas da União, os precatórios. 

O governo diz que isso é necessário para abrir espaço no orçamento para o repasse de um auxílio maior aos mais pobres. É por conta dessa dependência que a MP já prevê a possibilidade de prorrogação nos próximos meses.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA