(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Tom agressivo de Bolsonaro afasta investimento da China

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
Comentários agressivos sobre a China têm impactos negativos em negócios dos dois países
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Comentários agressivos sobre a China têm impactos negativos em negócios dos dois países

As falas agressivas de Bolsonaro contra a China têm provocado um afastameto dos investimentos do maior parceiro comercial do país: a China. Um dos impactos mais importantes para o cenário de combate à pandemia é o envio de insumos para a fabricação de vacinas contra a Covid-19. 

Além disso, novos investimentos em setores de energia, transporte e tecnologia também podem ser afetados pelas falas do presidente. Reuniões já foram canceladas em câmaras de comércio, que é a instância de parceria comercial entre os dois países, após acusações de que o país asiático estaria tirando proveito da pandemia para alavancar a própria economia. 

Ao Uol , o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China (CCIBC) , Charles Tang , disse que as transações dependem de órgãos reguladores e de financiamento. Acrescentou que, a cada cometário de Bolsonaro sobre os chineses, surge uma insegurança sobre os negócios. 

Leia Também:  Banco digital Modalmais (MODL11) lança novo home broker em sua plataforma

“Se tem negócio suspenso por causa das posições do governo sobre a China? Vou responder dando um exemplo. O mundo inteiro está correndo para ajudar a Índia. A China mandou milhões de vacinas para a Índia. A China não está correndo para ajudar o Brasil. Por que ajudou a Índia e não o Brasil?”, indagou, em entrevista ao Uol.

A China é o maior parceiro comercial do Brasil, que, em 2020, fechou com saldo positivo de US$ 35,4 bilhões em exportações para o país da Ásia. Registrou redução nos gastos com importação, sendo 2,7% a menos (US$ 34,6 bilhões), e aumento nas exportações de 7,3% (US$ 70,08) bilhões, saldo maior que as vendas para os EUA.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Lira janta com empresários hoje; veja lista de convidados

Publicados

em


source
Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara
Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), viajou para São Paulo com o seu colega de partido, senador Ciro Nogueira, para um jantar com empresários. Lira busca aproximação com mercado em meio a avanços da reforma tributária

Segundo o site Poder 360, o evento ocorrerá casa do empresário João Camargo, responsável pelo Grupo 89 Investimentos, que já havia organizado um almoço com Bolsonaro . A ideia é que a entidade promova o diálogo do setor produtivo com o governo federal e o Congresso Nacional.

Para estar presente no jantar, Lira cancelou a reunião de líderes partidários marcada para hoje. 

O Poder360 apurou que estão entre os convidados:

  • Alexandre Bacelar – Ápice Bahia
  • André Esteves – BTG;
  • André Freitas – Hedge Investments;
  • Candido Pinheiro – Hapvida;
  • Cintia Furtado – Panelinhas do Brasil
  • Claudio Vale – CVPAR;
  • Fernando Marques – União Química;
  • Flavio Rocha – Riachuelo;
  • Jaimes Almeida – Almeida Junior;
  • Jean Jereissati – Ambev;
  • João Pedro Camargo – 89 Invest;
  • Luis Henrique Guimarães – Cosan;
  • Luiz Borgonovi – EMS;
  • Luiz Trabuco – Bradesco;
  • Michael Klein  – Via Varejo;
  • Martha Leonardis – BTG;
  • Nelson Kaufman – Vivara;
  • Vander Giordano – Multiplan.
Leia Também:  Após forte queda, Bolsa volta a operar em alta nesta terça; Dólar fecha estável

Lira afirma estar em consonância com a agenda liberal do governo, e se comprometeu a pautar mais privatizações, como a dos Correios , antes mesmo do recesso parlamentar. 


COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA