(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Pix pode funcionar em aplicativos de mensagens e compras; entenda

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
Pix ficará disponível em aplicativos de mensagens e compras
Sophia Bernardes

Pix ficará disponível em aplicativos de mensagens e compras

Nesta quinta-feira (23), o Banco Central divulgou uma ampliação na função do Pix , sistema de pagamento instantâneos . A partir de agosto, as transações poderão ser realizadas em aplicativos de mensagens e redes sociais.

Por certo, apenas as instituições financeiras que fazem parte do Open Banking (sistema de compartilhamento de dados) oferecerão esse novo serviço.

Você viu?

Novos serviços do Pix

Em resumo, o s erviço de movimentação de dinheiro em contas bancárias que era apenas disponível no aplicativo ou no site dos bancos, agora pode movimentar em diferentes plataformas.

Isto é, depois da nova atualização, os pagamento estarão disponíveis em outras instituições. Além disso, esta possibilidade de transação pode ocorrer por meio de aplicativos de mensagens e nas redes sociais.

Leia a matéria completa no site do 1Bilhã o. 

Leia Também:  Bolsa de Valores registra sua maior queda desde março

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Volkswagen coloca 800 funcionários em férias coletivas por falta de peças

Publicados

em


source
Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP)
Divulgação/Volkswagen

Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP)

Em meio à escassez de componentes, a Volkswagen vai colocar 800 funcionários da fábrica de Taubaté (SP), o correspondente a um turno, em novas férias coletivas. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região, a medida começa a valer na segunda-feira (27) e se estenderá por dez dias.

O motivo alegado pela montadora é a falta de insumos, sobretudo de semicondutores, que vem sofrendo oscilações no fornecimento e dificultando a produção mundial de veículos.

De acordo com o sindicato, a Volkswagen informou inicialmente que as férias coletivas seriam para 2 mil trabalhadores, mas que poderia sofrer alterações. Até o momento, a medida vale para 800 funcionários, que devem retornar no dia 7 de outubro.

Indústria automotiva enfrenta escassez de chips

O episódio marca a sexta vez no ano em que a Volkswagen concede férias coletivas aos funcionários. Ainda segundo o sindicato, também foram registrados 11 dias de paralisação e mais cinco dias de folga (ambos com utilização do banco de horas) por falta de peças.

Leia Também:  Com auxílio emergencial, poupança volta a captar recursos em abril

Em julho, a Volkswagen concedeu férias coletivas de 20 dias para o primeiro turno de sua fábrica em São Bernardo do Campo e paralisou parte de sua planta em Taubaté.

No fim de agosto, a montadora também anunciou dez dias de férias coletivas para 2 mil funcionários na fábrica de Taubaté, também por falta de peças.

O problema de abastecimento tem sido enfrentado por toda a indústria automotiva, que lida com a escassez na cadeia global de suprimentos desde o fim do ano passado.

No mesmo dia em que o Sindicato dos Metalúrgicos anunciou a medida adotada pela Volkswagen em Taubaté, trabalhadores da Fiat em Betim aprovaram um programa de suspensão temporária do contrato de trabalho devido a falta de componentes eletrônicos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA