(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Infra Week: governo inicia hoje leilões que pretendem arrecadar R$ 10 bilhões

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
Aeroporto de Salvador reutiliza água do sistema de refrigeração
Raphael Magalhães

Aeroporto de Salvador reutiliza água do sistema de refrigeração

Entre os dias hoje (7) e sexta-feira (9) o governo realizará leilões no que está chamando de “I nfra Week “. No total serão postos 28 ativos públicos para leilão, e a expectativa da União é arrecadar por volta de R$ 10 bilhões , além de gerar 200 mil empregos . Hoje, serão leiloados 22 aeroportos, e espera-se atingir a marcada R$ 6,1 bilhões. 

A divisão será feita de acordo com a modalidade do ativo. Hoje serão avaliados os aeroportos, amanhã (8) as ferrovias e na sexta (9) os portos. Veja lista de ativos: 

Aeroportos: 

  • Bloco Sul: Curitiba, Bacacheri, Foz do Iguaçu e Londrina (PR), Navegantes e Joinville (SC), e Pelotas, Uruguaiana e Bagé (RS). Investimento estimado de R$ 2,8 bi.
  • Bloco Norte I: Manaus, Tabatinga e Tefé (AM), Porto Velho (RO), Boa Vista (RR), e Rio Branco e Cruzeiro do Sul (AC). Investimento estimado de R$ 1,8 bi.
  • Bloco Central: Goiânia (GO), Palmas (TO), São Luís e Imperatriz (MA), Teresina (PI) e Petrolina (PE). Investimento estimado de R$ 1,4 bi.
Leia Também:  Governo prevê Bolsa Família de R$ 194,45 caso impasse dos precatórios permaneça

Ferrovias:

Será leiloado o primeiro trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, Fiol 1, entre Ilhéus e Caetité, na Bahia. O trecho contém 537 quilômetros e pode gerar até R$ 3,3 bilhões de investimentos em 35 anos de concessão, sendo R$ 1,6 bilhão para a conclusão das obras. 

Você viu?

O governo espera concluir ainda a implementação de mais dois trechos para a ferrovia: entre Caetité (BA) e Barreiras (BA), e de Barreiras (BA) a Figueirópolis (TO). Com isso, espera ligar o porto de Ilhéus até a ferrovia Norte-Sul. 

Portos: 

Porto de Itaqui (IQI03, IQI11, IQI12 e IQI13), no Maranhão, e um no Porto de Pelotas (PEL01), no Rio Grande do Sul. O investimento esperado é de R$ 600 milhões com estes ativos

Rodovias (29/04): 

Para além da ‘Infra Week’, o governo também realizará uma nova rodada de leilões no dia 29 de abril. Neste dia a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) pretende leiloar a BR-153/080/414/GO/TO e, com isso, gerar quase R$ 8 bilhões de investimento e 140 mil postos de trabalho. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

“Ou acionistas da Petrobras, ou caminhoneiros”, diz Chorão sobre Bolsonaro

Publicados

em


source
Wallace Landim, Chorão, líder caminhoneiro
Reprodução/Facebook

Wallace Landim, Chorão, líder caminhoneiro

O presidente da Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), Wallace Landim, deu prazo de 15 dias para o presidente Jair Bolsonaro decidir se irá favorecer os caminhoneiros ou acionistas da Petrobras. A declaração foi dada em entrevista ao portal UOL , nesta segunda-feira (18).

Líder dos caminheiros, Chorão, como é conhecido, disse que o preço do diesel nas bombas prejudica a categoria e prometeu entrar em greve a partir de 1° de novembro. A proposta também foi aprovada por outras lideranças em assembleia realizada neste fim de semana.

“Chegou uma hora que o governo do presidente Jair Bolsonaro precisa escolher. Ou os acionistas, ou os caminhoneiros e a classe média. Ele tem 15 dias para escolher”, disse Landim.

Na entrevista, Chorão acusou o Palácio do Planalto de não atender as demandas de caminhoneiros e ironizou as críticas de Bolsonaro sobre o ex-presidente Michel Temer, que enfrentou a paralisação em 2018.

Leia Também

“Durante a campanha política para presidente ele falava mal do Temer. E hoje ele está lá e não está fazendo nada. É isso que a categoria esta observando”, afirmou.

O líder dos caminhoneiros também questionou a fala de Jair Bolsonaro sobre a privatização da Petrobras. Após uma declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, Bolsonaro colocou a estatal na lista de possibilidade de venda.

“A gente vê o presidente jogando na mídia a privatização da Petrobras isso é, no meu ponto de vista, para causar polemica. É para tirar a responsabilidade de si”, afirmou ao UOL .

“Por isso que eu tenho certeza que dessa vez sai. E eu torço para que o governo subestime mesmo. Se eles querem subestimar, eu acho legal da parte dele”, concluiu Chorão.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA