(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Guedes é abordado e dá dinheiro a desempregado em Brasília

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
Paulo Guedes, ministro da Economia
Washington Costa – ASCOM/ME

Paulo Guedes, ministro da Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes , abriu a carteira e deu dinheiro para um pedinte após ser abordado na saída de um evento nesta quinta-feira, em Brasília. O homem segurava um cartaz com os dizeres: “Me ajude, sou deficiente e estou desempregado”.

Guedes acabara de sair de uma cerimônia no Ministério da Defesa, com a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do ministro da Defesa, Walter Braga Netto.

O Brasil tem quase 15 milhões de desempregados, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua) do IBGE.

Com a crise prolongada no mercado de trabalho durante a pandemia, a taxa de desemprego ficou em 14,7% no trimestre encerrado em abril, o que significa registrar pela segunda vez o patamar recorde atingido em março na Pnad Contínua.

Leia Também:  Eletromidia (ELMD3) reporta prejuízo líquido de R$10,5 mi no 4º trimestre

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Nascidos em maio e junho têm até sexta-feira para fazer prova de vida do INSS

Publicados

em


source
Prova de vida pode ser feita em agências bancárias ou do INSS, além do aplicativo Meu INSS
LINCON ZARBIETTI/17.4.2015

Prova de vida pode ser feita em agências bancárias ou do INSS, além do aplicativo Meu INSS

Beneficiários da Previdência Social nascidos em maio e junho devem fazer a prova de vida ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até o fim desta semana. Caso não seja feita a comprovação de vida, o beneficiário poderá ter sua aposentadoria bloqueada pelo INSS. 

É possível realizar a comprovação na agência bancário onde o pagamento é efetuado. Para alguns segurados, a fé de vida pode ser realizada pelo aplicativo Meu INSS.

O que precisa ter em mãos

  • Documento de identificação com foto, como o RG ou a CNH
  • Cartão utilizado para sacar os pagamentos.

Quem tinha prova de vida com vencimento em março ou abril de 2020 e não fez a renovação até junho deste ano, já perdeu o prazo. Mas, mesmo com atraso, ainda poderá realizar a comprovação. Isso porque o benefício ó é cancelado seis meses após o fim do período.

Calendário da prova de vida 

Vencimento da prova de vida:                                   Retomada da rotina:

  • mai e jun/2020                                                                                julho/2021
  • jul e ago/2020                                                                                 agosto/2021
  • set e out/2020                                                                                 setembro/2021
  • nov e dez/2020                                                                                outubro/2021
  • jan e fev/2021                                                                                  novembro/2021
  • mar e abr/2021                                                                                dezembro 2021
  • mai e jun/2021                                                                                 janeiro 2022
  • jul e ago/2021                                                                                  fevereiro 2022
  • set e out/2021                                                                                  março 2022
  • nov e dez/2021                                                                                 abril 2022
  • jan e fev/ 2022                                                                                 maio 2022
  • mar e abr/2022                                                                                  junho 2022
  • mai e jun/2022                                                                                 julho 2022 
  • julho/2022                                                                                       agosto 2022
Leia Também:  Cinco grandes estatais cortam 25% do pessoal em seis anos; confira

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA