(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Genial Investimentos coloca recomendação de BPAN4 e CASH3 em revisão

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
Genial Investimentos coloca recomendação de BPAN4 e CASH3 em revisão
Osni Alves

Genial Investimentos coloca recomendação de BPAN4 e CASH3 em revisão

Genial Investimentos coloca recomendação de BPAN4 e CASH3 em revisão

A Genial Investimentos colocou os ativos Banco Pan (BPAN4) e Méliuz (CASH3) em revisão de recomendação.

Quanto ao preço-alvo, o primeiro está em R$ 11,24 e o segundo em R$ 27,86, respectivamente. Porém, este valor diz respeito ao preço dos papéis no pregão de ontem, em média, e não ao target da corretora, que deve reposicionar o ativo ainda esta semana, mas usa o número como referência. Ou seja, trata-se de indicação.

A gestora elencou que a Caixa anunciou que sua subsidiária, Caixa Participações, assinou um acordo para a venda de sua participação no Banco Pan.

O BTG pagará R$ 3,7 bilhões no total, correspondentes a R$ 11,42 por ação. O resultado do investimento feito pela Caixa deverá ser de R$ 3,5 bilhões no total, contabilizando dividendos e outras vendas de participação.

“Entretanto, a operação ainda depende de aprovação do Banco Central. As ações subiram 4% ontem. A ação fechou o dia a R$ 11,24 (1,6% abaixo do preço da oferta)”, informou.

Leia Também:  Cidades pobres recebem menos recursos para merenda, diz relatório do governo
Genial Investimentos coloca recomendação de BPAN4 e CASH3 em revisão
ETF – o que é e como investir

BPAN4 e CASH3

Com relação à Méliuz (CASH3), a gestora destacou que na prévia operacional do primeiro trimestre de 2021 se faz relevante citar o crescimento do Méliuz Nota Fiscal, um novo produto criado pela empresa, que cresceu 113% o número de usuários que ativaram ofertas em relação ao quarto trimestre de 2020.

“Além disso, houve a expansão também dos produtos “gift card” e “recarga de celular”, o que contribuiu para melhorar a retenção dos usuários e o nível de engajamento”, disse.

Você viu?

E acrescentou: “continuamos extremamente otimistas. Acreditamos que a inovação presente no DNA da Méliuz seja uma forte vantagem competitiva. O desenvolvimento de novos produtos e o início da presença internacional via Picodi devem contribuir de forma exponencial para o crescimento nos próximos anos.”

Veja BPAN4 na Bolsa :

alt

  • Só clique aqui se já for investidor

Veja CASH3 na Bolsa :

alt

O post Genial Investimentos coloca recomendação de BPAN4 e CASH3 em revisão apareceu primeiro em 1 Bilhão Educação Financeira .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Oi recebe aprovação do Cade para venda da InfraCo; veja os próximos passos

Publicados

em


source
Oi finalmente recebe aprovação para a venda da InfraCo; veja quais são os próximos passos

A Oi (OIBR3 e OIBR4) notificou a aprovação, sem restrições, do Cade (Superintendência Geral do Conselho Administrativo de Defesa da Concorrência) referente a operação de alienação parcial da UPI InfraCo.

De acordo com o comunicado, a começar desta segunda-feira (18), a decisão será definitiva em 15 dias corridos se não houver recurso de terceiros.

Além disso, foi informado que o fim da operação está sujeito à aprovação prévia da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Assim como, ao cumprimento de condições precedentes.

Leia Também

Venda da InfraCo

No início de outubro, a venda da unidade de fibra ótica da Oi aos fundos do BTG Pactual e da Globenet Cabos Submarinos foi concluída, somando um valor de R$ 12,9 bilhões.

Sendo assim, o contrato da primeira parcela está previsto para R$ 3,3 bilhões, e a segunda, R$ 6,5 bilhões. As parcelas finais somam R$ 1,6 bilhão, juntamente com um aporte de R$ 1,5 bilhão.

Em seguida, os investidores receberão ações representativas de 57,9% do capital social votante e o total da InfraCo, que pertence à Oi e as suas afiliadas.

Saiba mais em 1Bilhão , parceiro do iG.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Saque emergencial do FGTS: projeto permite retirada de R$ 1.500; conheça
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA