(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

“Comprove corrupção na economia como no governo dele”, diz Bolsonaro sobre Lula

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou Lula e elogiou PEC Emergencial
Carolina Antunes/PR

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou Lula e elogiou PEC Emergencial

O presidente Jair Bolsonaro rebateu as declarações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que o governo não tem Ministério da Economia e desafiou a comprovar esquemas de corrupção na economia em seu mandato. Na tarde desta quarta-feira (10), Lula criticou as ações do ministro Paulo Guedes em geração de empregos e na redução do auxílio emergencial .

Questionado sobre a extensão do benefício, Bolsonaro afirmou que não há a possibilidade de prorrogar além dos quatro meses previstos.

“Queria que ele apontasse algum ponto que corrupção por parte do Ministério da Economia, o que era muito comum no governo dele. Esse era o governo dele, baseado em corrupção”, afirmou.

“Por mais quatro meses estará estendido o auxílio emergencial. Nós estamos no limite da capacidade de endividamento. Se dermos novas parcelas teremos uma crise econômica, o dólar sobe, aumenta a inflação, a bolsa cai. Se ninguém produz nada, o caos acontece. Ele [Lula] sabe que a realidade não é essa”, concluiu, rebatendo a declaração de Lula que deveria ter destinado um valor maior para o benefício.

Leia Também:  Prova de vida volta a ser obrigatória: veja como fazer pelo caixa eletrônico

Você viu?

Reformas

Jair Bolsonaro afirmou que aguarda a aprovação das reformas administrativas e tributária para colaborar na recuperação econômica. Ele ainda elogiou a votação da PEC Emergencial na Câmara, que deve ser votada até o fim da noite desta quarta-feira (10).

Bolsonaro ressaltou a possibilidade de fatiar a Reforma Tributária para facilitar as negociações e agilizar a aprovação do Congresso Nacional. As tratativas estão sendo feitas com o Ministério da Economia e a expectativa é de enviar a medida à Câmara neste primeiro semestre.

“A administrativa é mais tranquila porque serve para servidores públicos que entrarão agora. A tributária é mais complicada. Quando você quer resolver tudo, no final da linha a bancada dos governadores puxam para um lado, prefeitos para outro e oposição de outro lado. Eu tenho conversado com o Guedes para fatiar a medida para que ela avance”, afirmou.

Leia Também:  Comércio do Rio teve queda de 6,5% nas vendas em fevereiro

Privatizações

Após ser criticado por Lula pela iniciativa de privatizar estatais, Bolsonaro afirmou que “ninguém trabalha” no bloco de esquerda. Em coletiva, o ex-presidente disse não haver necessidade de privatizações.

“O Lula do PT de esquerda é estatizante. Você não encontra empresários, investidores no meio deles. Você não encontra ninguém que trabalha lá”, criticou Bolsonaro.  

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Auxílio emergencial: segunda parcela começa neste domingo; veja os calendários

Publicados

em


source
Caixa paga 2ª rodada do auxílio emergencial
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Caixa paga 2ª rodada do auxílio emergencial

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em janeiro recebem hoje (16) a segunda parcela do auxílio emergencial 2021. O saque em espécie do dinheiro, antecipado pelo governo nesta semana , será liberado no dia 31 de maio em calendário que vai até 17 de junho.

Os recursos, por enquanto, poderão ser transferidos para uma conta corrente, sem custos para o usuário. Os valores podem ser movimentado apenas por meio do aplicativo Caixa Tem , que permite o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com o código QR (versão avançada do código de barras) em maquininhas de estabelecimentos parceiros.

Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br. 

Quem recebe:

  • Auxílio emergencial de R$ 375: valor pago às mulheres chefes de família.
  • Auxílio emergencial de R$ 250: esse é o valor médio e será destinado às famílias com duas ou mais pessoas, exceto daquelas com mães chefes de família.
  • Auxílio emergencial de R$ 175: destinado às famílias compostas por apenas uma pessoa.

Na quinta-feira (13), a  Caixa anunciou a antecipação do calendário para os informais cadastrados no CadÚnico.

Calendário completo para informais inscritos no CadÚnico: 

auxilio
Reprodução Caixa

Pagamento do auxílio emergencial antecipados



Calendário completo para inscritos no Bolsa Família:

  • Final do NIS 1 – 18/05;
  • Final do NIS 2 – 19/05;
  • Final do NIS 3 – 20/05;
  • Final do NIS 4 – 21/05;
  • Final do NIS 5 – 24/05;
  • Final do NIS 6 – 25/05;
  • Final do NIS 7 – 26/05;
  • Final do NIS 8 – 27/05;
  • Final do NIS 9 – 28/05; e
  • Final do NIS 0 – 31/05.
Leia Também:  Genial Investimentos divulga carteiras recomendadas para abril

Os saques para quem não faz parte do Bolsa Família começam em 31 de maio. Confira o calendário completo:

calendário saques segunda parcela auxílio
Reprodução/Caixa Econômica Federal

Saques da segunda parcela do auxílio emergencial


COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA