(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Com palestra de ex-BBB, evento promove 2.300 vagas para negros em tecnologia

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
João Luiz participará de evento
Reprodução

João Luiz participará de evento

Neste sábado (14) acontece o evento Potências Negras Tec, que promove mais de 2.300 vagas de emprego no setor de tecnologia exclusivamente para pessoas negras. A feira online conta também com uma série de palestras que vão acontecer entre 9h e 20h30.

Representantes de diversas empresas, como Itaú, iFood, Boticário, Globo, Ambev, Creditas, 99, Amazon, Mercado Livre e Rocketseat, estarão presentes para que os candidatos às vagas possam se conectar com eles.

“Um dia inteiro de conteúdo para mostrar para a comunidade negra que tecnologia também é coisa de preto! Vamos abrir caminho para quem quer embarcar no segmento ou acelerar sua carreira na área tec”, diz a divulgação do evento.

Dentre os palestrantes, estão representantes de empresas e movimentos de negros em tecnologia, além do ex-BBB João Luiz. No final do evento, haverá um show online de Rincon Sapiência.

Leia Também:  Vendas no varejo recuaram 3,1% no pior agosto em 20 anos

Além da divulgação de vagas, o Potências Negras Tec também vai distribuir brindes e R$ 50 mil em bolsas de estudo em desenvolvimento de software. Para se inscrever, basta acessar o site oficial do evento .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

CVM vai investigar Petrobras; investidores apostaram na possível privatização

Publicados

em


source
Após as falas do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente Jair Bolsonaro, uma das operações registrou valorização de quase 200%
Sophia Bernardes

Após as falas do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente Jair Bolsonaro, uma das operações registrou valorização de quase 200%

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu nesta quarta-feira (27) um processo para investigar a Petrobras. O órgão não informou o motivo, mas o processo vem na esteira das falas do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de desestatização da empresa.

Segundo a agência Reuters, a investigação se dá posteriormente ao fato relevante publicado na segunda-feira em que a estatal diz ter  “indagado” o governo sobre a eventual existência de estudos para privatização da companhia.

Segundo o jornalista André Spigariol, do Brazilian Report, investidores abriram posições milionárias em opções de compra da Petrobras, além de investirem em ações preferenciais da companhia. 

Uma das operações registrou valorização de quase 200% entre sexta e segunda, fortemente beneficiada pelo plano de privatizar a Petrobras anunciado por Bolsonaro e endossado por Guedes. A coincidência de horário teria chamado a atenção da CVM.

Nesta segunda, Bolsonaro assumiu ter  vontade de privatizar a Petrobras e afirmou que proposta entrou no radar no Palácio do Planalto nos últimos meses. Bolsonaro, no entanto, insinuou ter recuado da ideia após possibilidade de manutenção ou aumento nos preços dos combustíveis.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA