(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Bolsa Família de fevereiro começa a ser pago nesta quinta; veja programação

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source

Brasil Econômico

Bolsa Família de fevereiro começa a ser pago nesta quinta-feira (11)
Divulgação/Caixa Econômica Federal

Bolsa Família de fevereiro começa a ser pago nesta quinta-feira (11)

O Ministério da Cidadania começa a pagar nesta quinta-feira (11) os auxílios do  Bolsa Família para beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) terminando em 1. Na sexta-feira, dia 12, receberão o pagamento aqueles cujo último dígito impresso no cartão do titular é o número 2.

Para NIS de final 3 em diante, o depósito do Bolsa Família será feito apenas após o feriado do Carnaval, na Quarta-feira de Cinzas, dia 17. Os pagamentos se encerram no dia 26 de fevereiro, para as famílias que têm NIS de final 0.

De acordo com o calendário do Bolsa Família divulgado em janeiro pela Secretaria Nacional de Renda de Cidadania do Ministério da Cidadania , os benefícios do programa serão pagos sempre nos últimos dez dias úteis de cada mês, de forma escalonada. A exceção só ocorre em dezembro, quando o pagamento tem como limite o dia 23, em função das festas de fim de ano.

Você viu?

Em dezembro, a  Caixa Econômica Federal começou a abrir contas digitais automaticamente para os beneficiários do programa de distribuição de renda. Os primeiros a ter a Conta Poupança Social Digital foram aqueles com NIS de final 0 e 9. Em janeiro, foram abertas as contas para os benefícios de final 6, 7 e 8. Em fevereiro, as famílias com NIS de final 3, 4 e 5 começaram a receber o pagamento por meio da conta digital. Até março, quando a medida chegará aos beneficiários de NIS com final 1 e 2, nove milhões de famílias passarão a receber o benefício por meio desse tipo de crédito.

Leia Também:  Mega-Sena desta quarta (10) pode pagar até R$7,5 milhões; saiba como apostar

Segundo o Ministério da Cidadania, o beneficiário poderá movimentar o dinheiro pelo aplicativo Caixa Tem , além de realizar saques e fazer pagamentos digitais. Mas o governo informou que, embora as contas sejam criadas, os beneficiários poderão continuar sacando os recursos também por meio do cartão do Bolsa Família ou do Cartão Cidadão.

Como movimentar a conta

A Conta Poupança Social Digital é uma poupança simplificada, sem tarifas de manutenção, com limite mensal de movimentação de R$ 5 mil. Para utilizá-la, não é preciso gerar nova senha. O beneficiário poderá usar a mesma senha do cartão social.

Logo após o crédito dos valores é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code , por meio de mais de nove milhões de maquininhas de cartão espalhadas por todo o Brasil. O beneficiário também poderá realizar o pagamento de contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas através da opção “Pagar na Lotérica” do Caixa Tem, além de poder realizar saques da conta com o cartão do Programa Bolsa Família ou Cartão Cidadão.

Leia Também:  Dimed (PNVL3) aprova pedido de migração para Novo Mercado e convocação de AGEs

Calendário do Bolsa Família para fevereiro

  • NIS de final 1 – dia 11;
  • NIS de final 2 – dia 12;
  • NIS de final 3 – dia 17;
  • NIS de final 4 – dia 18;
  • NIS de final 5 – dia 19;
  • NIS de final 6 – dia 22;
  • NIS de final 7 – dia 23;
  • NIS de final 8 – dia 24;
  • NIS de final 9 – dia 25; e
  • NIS de final 0 – dia 26.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Tom agressivo de Bolsonaro afasta investimento da China

Publicados

em


source
Comentários agressivos sobre a China têm impactos negativos em negócios dos dois países
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Comentários agressivos sobre a China têm impactos negativos em negócios dos dois países

As falas agressivas de Bolsonaro contra a China têm provocado um afastameto dos investimentos do maior parceiro comercial do país: a China. Um dos impactos mais importantes para o cenário de combate à pandemia é o envio de insumos para a fabricação de vacinas contra a Covid-19. 

Além disso, novos investimentos em setores de energia, transporte e tecnologia também podem ser afetados pelas falas do presidente. Reuniões já foram canceladas em câmaras de comércio, que é a instância de parceria comercial entre os dois países, após acusações de que o país asiático estaria tirando proveito da pandemia para alavancar a própria economia. 

Ao Uol , o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China (CCIBC) , Charles Tang , disse que as transações dependem de órgãos reguladores e de financiamento. Acrescentou que, a cada cometário de Bolsonaro sobre os chineses, surge uma insegurança sobre os negócios. 

Leia Também:  Itaú é condenado por demitir funcionário portador de deficiência sem motivo

“Se tem negócio suspenso por causa das posições do governo sobre a China? Vou responder dando um exemplo. O mundo inteiro está correndo para ajudar a Índia. A China mandou milhões de vacinas para a Índia. A China não está correndo para ajudar o Brasil. Por que ajudou a Índia e não o Brasil?”, indagou, em entrevista ao Uol.

A China é o maior parceiro comercial do Brasil, que, em 2020, fechou com saldo positivo de US$ 35,4 bilhões em exportações para o país da Ásia. Registrou redução nos gastos com importação, sendo 2,7% a menos (US$ 34,6 bilhões), e aumento nas exportações de 7,3% (US$ 70,08) bilhões, saldo maior que as vendas para os EUA.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA