(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

BB elege Iêda Cagni para presidência do conselho, a primeira mulher no cargo

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source
Nova presidente do conselho foi indicada pelo Ministério da Economia e é defensora do trabalho de André Brandão
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Nova presidente do conselho foi indicada pelo Ministério da Economia e é defensora do trabalho de André Brandão

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta quarta-feira (05) que a procuradora da Fazenda Nacional Iêda Aparecida de Moura Cagni será a nova presidente do conselho de administração da instituição.

Eleita para o cargo pelo novo conselho de administração da instituição, nesta quarta-feira, ela substituirá Hélio Magalhães, que entregou o cargo após o presidente Jair Bolsonaro ter substituído André Brandão por Fausto Ribeiro no comando do BB.

Magalhães registrou em carta a sua insatisfação com a interferência do governo no BB. Para ele, a medida representa “descaso e desrespeito à governança” da instituição.

Ele defendia a continuidade do trabalho de Brandão e sugeriu para o lugar um nome do mercado financeiro com perfil semelhante ao de Brandão. Fausto Ribeiro faz parte do quadro de funcionários do BB. Era presidente da subsidiária BB Consórcios.

Leia Também:  Janguiê Diniz é novo sócio da Pitang Agile IT que se prepara para IPO

Na reunião do conselho também foi eleito para o cargo de vice-presidente do colegiado Walter Eustáquio Ribeiro. Ele é funcionário aposentado do banco, formado em Relações Internacionais com especialização em marketing e recursos humanos.

Indicada pelo Ministério da Economia , Iêda é a primeira mulher eleita presidente do conselho de administração. O colegiado conta agora com três mulheres na sua composição: Débora Cristina Fonseca, eleita pelos empregados e Rachel de Oliveira Maia, indicada pelos acionistas minoritários.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Lira janta com empresários hoje; veja lista de convidados

Publicados

em


source
Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara
Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), viajou para São Paulo com o seu colega de partido, senador Ciro Nogueira, para um jantar com empresários. Lira busca aproximação com mercado em meio a avanços da reforma tributária

Segundo o site Poder 360, o evento ocorrerá casa do empresário João Camargo, responsável pelo Grupo 89 Investimentos, que já havia organizado um almoço com Bolsonaro . A ideia é que a entidade promova o diálogo do setor produtivo com o governo federal e o Congresso Nacional.

Para estar presente no jantar, Lira cancelou a reunião de líderes partidários marcada para hoje. 

O Poder360 apurou que estão entre os convidados:

  • Alexandre Bacelar – Ápice Bahia
  • André Esteves – BTG;
  • André Freitas – Hedge Investments;
  • Candido Pinheiro – Hapvida;
  • Cintia Furtado – Panelinhas do Brasil
  • Claudio Vale – CVPAR;
  • Fernando Marques – União Química;
  • Flavio Rocha – Riachuelo;
  • Jaimes Almeida – Almeida Junior;
  • Jean Jereissati – Ambev;
  • João Pedro Camargo – 89 Invest;
  • Luis Henrique Guimarães – Cosan;
  • Luiz Borgonovi – EMS;
  • Luiz Trabuco – Bradesco;
  • Michael Klein  – Via Varejo;
  • Martha Leonardis – BTG;
  • Nelson Kaufman – Vivara;
  • Vander Giordano – Multiplan.
Leia Também:  'InfraWeek': portos são destaque dos leilões do governo nesta sexta-feira

Lira afirma estar em consonância com a agenda liberal do governo, e se comprometeu a pautar mais privatizações, como a dos Correios , antes mesmo do recesso parlamentar. 


COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA