(65) 99638-6107

CUIABÁ

Dinheiro na mão é vendaval

Azul oferece condição especial para passageiros realizarem teste RT-PCR

Publicados

Dinheiro na mão é vendaval


source

Contato Radar

Azul oferece condição especial para passageiros realizarem teste RT-PCR
Calebe Murilo

Azul oferece condição especial para passageiros realizarem teste RT-PCR

Visando o cuidado com seus clientes, a Azul Linhas Aéreas firmou uma parceria com o laboratório Albert Einstein para oferecer condições especiais na realização do exame PT-PCR. O teste em questão, detecta a presença do SARS-CoV-2, é recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) 72h antes do embarque para viagens.

O exame pode ser feito em qualquer unidade do Einstein, no formato drive thru, ou pelo atendimento domiciliar do hospital, o “Einstein Até Você”. O resultado é emitido em até 48h e assegura que passageiros viajem com mais segurança.

Esteja informado: clique aqui e leia mais notícias de aviação!

Você viu?

Para realizar o exame é necessária a apresentação do número do código de reserva do voo no momento do agendamento e no dia da realização do teste. Para fazer o agendamento, o cliente deve entrar em contato com um dos canais do Einstein (11) 2151-1233 ou WhatsApp (11) 3620-2550.

“Essa é mais uma iniciativa da Azul em conjunto com seus parceiros para garantir benefícios aos nossos clientes. Com essa condição especial, unimos conveniência e ainda mais segurança nas viagens para quem voa diariamente nas pela Azul”, comemora Jason Ward, Vice-Presidente de Pessoas da Azul.

Leia Também:  Mulher é presa por desviar R$ 1 milhão do auxílio emergencial

O post Azul oferece condição especial para passageiros realizarem teste RT-PCR apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Dinheiro na mão é vendaval

Volkswagen coloca 800 funcionários em férias coletivas por falta de peças

Publicados

em


source
Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP)
Divulgação/Volkswagen

Fábrica da Volkswagen em Taubaté (SP)

Em meio à escassez de componentes, a Volkswagen vai colocar 800 funcionários da fábrica de Taubaté (SP), o correspondente a um turno, em novas férias coletivas. Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté e Região, a medida começa a valer na segunda-feira (27) e se estenderá por dez dias.

O motivo alegado pela montadora é a falta de insumos, sobretudo de semicondutores, que vem sofrendo oscilações no fornecimento e dificultando a produção mundial de veículos.

De acordo com o sindicato, a Volkswagen informou inicialmente que as férias coletivas seriam para 2 mil trabalhadores, mas que poderia sofrer alterações. Até o momento, a medida vale para 800 funcionários, que devem retornar no dia 7 de outubro.

Indústria automotiva enfrenta escassez de chips

O episódio marca a sexta vez no ano em que a Volkswagen concede férias coletivas aos funcionários. Ainda segundo o sindicato, também foram registrados 11 dias de paralisação e mais cinco dias de folga (ambos com utilização do banco de horas) por falta de peças.

Leia Também:  Seguro desemprego e vendas no varejo nos EUA superam expectativas, diz BTG

Em julho, a Volkswagen concedeu férias coletivas de 20 dias para o primeiro turno de sua fábrica em São Bernardo do Campo e paralisou parte de sua planta em Taubaté.

No fim de agosto, a montadora também anunciou dez dias de férias coletivas para 2 mil funcionários na fábrica de Taubaté, também por falta de peças.

O problema de abastecimento tem sido enfrentado por toda a indústria automotiva, que lida com a escassez na cadeia global de suprimentos desde o fim do ano passado.

No mesmo dia em que o Sindicato dos Metalúrgicos anunciou a medida adotada pela Volkswagen em Taubaté, trabalhadores da Fiat em Betim aprovaram um programa de suspensão temporária do contrato de trabalho devido a falta de componentes eletrônicos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA