Debate, hoje, na Gazeta, tem acesso do público controlado. Na terça, quem quiser acompanhar o arranca-rabo ao vivo, que vá ao auditório da OAB

Na TV Gazeta, agora chamada de Record, Dorileo Leal garante um confronto mais direto entre os candidatos a prefeito. O acesso do publico, todavia, é limitado. Acesso franqueado à população, só na terça, no auditório da OAB. Foto Dinalte Miranda

Esta reta final da campanha, em Cuiabá, já está parecendo mais uma etapa do MMA, com panfletos apócrifos, trairagem, xingamentos, processos para lá e para cá. Nesta última semana, três novos debates entre os candidatos estão programados.

Nesta segunda, a partir de 22 horas, Lúcio Sorje comanda o debate que costuma ser o mais animado, na TV Gazeta, com muitas rodadas de candidato perguntando para candidato. O debate excluir a participação de Adolfo Grassi, do PPL. Há quem diga que a ausência de Adolfo Grassi preenche uma lacuna.

O debate na Gazeta é um debate com acesso controlado da população. Só entram os candidatos, seus convidados e a ratatuia da imprensa, assessores e repórteres.

Para acompanhar ao vivo a discussão entre os candidatos a prefeito de Cuiabá, a grande oportunidade do povo, será nesta terça, a partir das 19 horas, quando acontece o debate promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil. O acesso à OAB é franqueado a todo o público.

Na quinta-feira, a coisa volta a se fechar, com o sempre sonolento debate da Tv Centro América, que ganha sempre como a coisa mais chata da televisão brasileira. A não ser que o Ulisses Serotini inove e permita que a dinamica de candidato perguntando para candidato se impõe também através da afiliada da Rede Globo.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

onze − um =