Coordenadoria de Direitos Humanos da Defensoria Pública firma parceira com Polícia Militar de Mato Grosso para realização de projeto de educação em Direitos Humanos

Roberto Tadeu Vaz Curvo é defensor público

Roberto Tadeu Vaz Curvo é defensor público

O Defensor Público responsável pela Coordenadoria de Direitos Humanos da Instituição, Roberto Tadeu Vaz Curvo, firmou uma parceria com o Comando Geral da Polícia Militar para realização do projeto Cine Defensoria, em andamento no Bairro Jardim Vitória, em Cuiabá, desde agosto.

De acordo com o Defensor, foi apresentado o projeto, bem como alguns resultados já conquistados, a exemplo da sinalização vertical e horizontal da rua principal do bairro e o trabalho realizado com as crianças, que, após a exibição de vídeos infantis com temáticas voltadas ao uso de drogas, tráfico de pessoas e alcoolismo, retrataram, por meio de desenhos, a violência cotidiana, rejeitando-as.

“Isso tudo foi fruto de um trabalho de conscientização, com a finalidade de disseminar à comunidade seu direito de reivindicar e com essa parceria teremos a oportunidade de estender o projeto”, ressaltou Vaz Curvo.

Conforme o Major Bueno, o fato do trabalho estar focado na prevenção, cujas ações têm como público alvo crianças e adolescentes da periferia, vai ao encontro dos trabalhos realizados pela corporação. “A polícia já tem vários projetos com cunho social e quando surgem novas possibilidades, sempre buscamos firmar parceria. Ficamos muito satisfeitos em integrar esse trabalho e ter a possibilidade de dar um novo destino para essas pessoas”.

Na oportunidade, já ficou definida a participação da PM nas reuniões que serão realizadas na Creche São Miguel, extensão do Colégio Notre Dame de Lourdes, nos dias 14, 15 e 16 de dezembro

1 Comentário

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.221.96.140 - Responder

    Não creio que a Polícia Militar esteja preparada para contribuir com Educação em Direitos Humanos, mas acho que pode valer a pena se for para envolver essa instituição no tema.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

cinco × 1 =