Conselho Nacional de Justiça investiga lentidão do TJMT nos julgamentos de processos que apuram a participação do deputado Geraldo Riva em rombo nos cofres da Assembléia Legislativa de Mato Grosso, de onde podem ter sido desviados mais de meio bilhão de reais, em recursos públicos

Ministro Francisco Falcão, corregedor nacional de Justiça, faz pressão para que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso acelere o julgamento dos processos por corrupção envolvendo o deputado José Riva. O parlamentar mato-grossense tem argumentado que os mais processos a que responde e as condenações que tem recebido são resultado de possíveis perseguições parte de promotores de Justiça e de alguns magistrados

Quem informa é o jornalista Alexandre Aprá, editor do Issoé Notícia: lá de Brasília, o Conselho Nacional de Justiça resolveu fazer pressão para que os julgamentos de processos que investigam a roubalheira na Assembléia Legislativa tenham um deslinde, no mais curto prazo de tempo. Uma meta estabelecida pelo próprio CNJ para todo o Judiciário brasileiro – a Meta 18 – preve que todos os processos por improbidade administrativa, ajuizados até 2011, devem ter o julgamento finalizado antes de dezembro deste ano de 2013. Será que os magistrados do TJMT conseguiram cumprir satisfatoriamente com suas responsabilidades? Confira o noticiário. (EC)

Corregedor do CNJ pede informações ao TJ-MT sobre processos do deputado Riva
Ministro Francisco Falcão pediu ao Tribunal que informe dados, andamentos e decisões sobre processos envolvendo o parlamentar

ALEXANDRE APRÁ
ISSOÉ NOTICIA

Ministro Francisco Falcão já recebeu informações do TJ sobre os processos envolvendo o deputado José Riva
O corregedor nacional de Justiça, ministro Francisco Falcão, socilitou formalmente ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso um relatório detalhado sobre o andamento e decisões sobre todos os 184 processos cíveis e criminais que envolvem o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual José Riva (PSD).

No documento de caráter sigiloso, ao qual o Isso É Notícia teve acesso, Falcão pede à presidência do TJ que envie um relatório contendo informações sobre a lotação dos processo, decisões, sentenças e o andamento processual de uma forma geral.

O Isso É Notícia também apurou que as informações já foram enviadas ao CNJ pela presidência do Tribunal de Justiça. O documento relata, passo-a-passo, o andamento de todas a ações.

O ministro também requereu cópia de todos os pedidos de suspeição impetrados pela defesa do parlamentar contra o juiz Luis Aparecido Bertolucci e contra o desembargador Luis Carlos da Costa. A defesa de Riva alega que os dois magistrados mostram que tem interesse pessoal nas ações.

Mesmo com as informações, o ministro Francisco Falcão não comunicou ao TJ o motivo das informações. Há a suspeita de que o CNJ pode instaurar um procedimento administrativo para apurar a lentidão nos processo envolvendo o deputado José Riva.

Processos

Riva responde a processos cíveis por improbidade administrativa e criminais por peculato, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Ele é acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) de desviar mais de R$ 500 milhões dos cofres da Assembleia Legislativa entre os anos de 2000 e 2002 num esquema de emissão de cheques a empresas fantasmas.

6 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 177.65.149.32 - Responder

    CNJ pede ao TJMT informação sobre 184 processos de Riva. Isso é um record galático!

  2. - IP 179.225.99.21 - Responder

    As informacoes e esse relatorio foi enviado ao ministro pelo atual presidente do TJ ou pelo anterior…
    Essa pixorra nao tem datas…?

  3. - IP 200.140.18.140 - Responder

    CNJ peça o relatório dos funcionários da Assembléia Legislativa de MT, e verás porquê “um filho teu não foges a própria luta”, “és bravo, impávido, colosso” terra adora MT. É dando que se recebe.

  4. - IP 187.5.109.196 - Responder

    Viva o CNJ…Agora a coisa anda, adeus Impunidade !!!!!!!

  5. - IP 177.64.224.170 - Responder

    é bom saber que o CNJ está na pista. O ministro Joaquim Barbosa tem a chance de prestar um grande serviço para Mato Grosso cuidando para que esses processos andam, de fato.

  6. - IP 200.101.113.203 - Responder

    esse cnj é um engodo e esse ministro mais ainda. quero ver é a conduta do ministro joaquim barbosa quando receber a reclamatoria enviada sobre a conduta do ministro falcão ( prevaricou) num determinado processo vejam e divulguem http://www.maracutaianotjmt.com.br. esse ministro ainda avisou antes aos desembargadores lá reclamados sobre a decisão que iria tomar. a isto chama se trafico de influencia. quem afirmou e confirmou isto foi um proprio desembargador durante um determinado julgamento que afirmou, em julgamento 10 dias antes que a reclamatoria contra os des do tj tinha sido extinta. 10 dias depois este ministro extinguiu. o dep riva pode ter processos, a maioria injustas ate agora, mas essa corja de alguns julgadores desonestos é que é duro de aguentar ver o CNJ passar a mão por cima e fechar os ollhos. vamos ver o que dirá o minisro joaquim barbosa quando receber a reclamatoria sobre este ministro cara de pau que veio aqui afirmar que todos os des do caso banco do Brasil são da mais pura probidade. procurem nas materias anteriores aqui do unico site livre e sem vedaçoes. porque afirmo tudo isso? porque tenho prova do trafico de influencias ocorrido neste caso. 81236216 Dr Ruy

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

1 × três =