CONTINUA A PRIVATIZAÇÃO: Mauro contratará consultoria

Aquele idéia de que Mauro Mendes e seus companheiros do PSB tinham na cabeça todas as propostas necessárias para dar um jeito na gestão da Prefeitura de Cuiabá, pode ser arquivada. Mal foi eleito, Mauro já demonstra sua insegurança como gestor e fala na contratação de uma empresa de consultória que irá auxiliá-lo na elaboração de um plano de ação para seu governo à frente da Prefeitura. Parece piada  mas é mais desvio de recursos públicos para os cofres de empresas privadas porque nosso novo prefeito e seu partido, o PSB, simplesmente não se garantem como planejadores.  Confira o noticiário. (EC)

Mauro contratará empresa de consultoria

KAMILA ARRUDA
DO DIÁRIO DE CUIABÁ

O prefeito eleito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), irá contratar uma empresa de consultoria em gestão pública para auxiliá-lo na elaboração de seu plano de ação, que deverá ser executado no próximo ano.

De acordo com ele, esta contratação será feita após a entrega do relatório de análise das cinco áreas determinadas na metodologia de trabalho do processo de transição: Saúde, Educação, Infraestrutura, Políticas Públicas e Gestão.

“Vamos buscar também a contratação de uma consultoria de gestão, especializada em gestão pública, para nos auxiliar na segunda etapa da transição que começa a partir do dia 3 de dezembro. Nesta data, o diagnóstico de todas as áreas da prefeitura já terá sido encerrado, e nós entraremos na hora de aprofundar no modelo de gestão, no modelo de planejamento da administração do próximo ano e na definição das metas. Aí, sim, nós vamos trazer uma consultoria em gestão pública para agregar valor a este trabalho”, pontuou o socialista.

Mendes afirma que vai ser em cima deste trabalho que os secretários serão escolhidos. “Primeiro, vamos realizar este diagnóstico, compreender o tamanho do desafio que teremos e, num segundo momento, quando estivemos fazendo o planejamento, vamos definir o perfil de competência de cada secretário. Mostrar quais serão as metas e desafios que cada um terá, para encaixar os nomes. Dizer nomes sem saber o que a pessoa vai fazer é inverter a lógica do princípio da boa administração”.

Apesar disso, o socialista não descarta a possibilidade de algum dos coordenadores de transição ocupar uma vaga em seu staff. “Durante este período teremos muitas oportunidades para muitas pessoas se apresentar ao trabalho, mostrar sua intenção, sua capacidade e aquilo que ele pode fazer e contribuir, e certamente alguns poderão estar ou não. Mas não existe nenhum compromisso de que pessoas que participam estão ou não no secretariado, que vai ser definido oficialmente no dia 7 [de dezembro]”.

4 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 186.213.224.85 - Responder

    O Mauro precisa é acabar com esta violênia de pessoas jogadas pelo chão no pronto socorro de Cuiabá. Velhos, crianças, tratados como restos humanos. Wilson não resolveu, silval não resolveu, galindo não resolveu, maggi não resolveu, vamos ver se mauro acaba com esta indignidade com os pobres de todo Mato grosso.

  2. - IP 201.47.154.58 - Responder

    Eu votei no Mauro Mendes porque ele tem experiência de Gestão. Afinal são mais de 20 anos de sucesso de Gestão. Na campanha ele foi claro: “se você quer um gestor para Cuiabá vote em MM”. E assim votei no Gestor. Agora o Gestor, de cara, vai contratar um Consultor… ai ai, ai ai,meu Deus do céu…

  3. - IP 177.161.151.237 - Responder

    Parece que era só papo mesmo. Ele tinha resposta pra tudo, sabia de tido. Mas pouco falava de plano de governo. Agora, nada sabe. Deverá fazer igual Blaíro Maqqunias: trazer os executivos da sua empresa para tocar a Prefeitura. Depois, algum vai pro tribunal de contas e outros ficam perambulando pela vida pública…

  4. - IP 187.54.110.223 - Responder

    Gestor anuncia que vai contratar gestor para enfim conseguir gerenciar os destino da Capital do Estado. Esta notícia pegou a todos de surpresa e, claro, gerou um clima de decepção geral. O que o eleitor esperava de Mauro era uma atitude mais enérgica no enfrentamento aos graves problemas que afetam a dia a dia da cidade. De início ele anunciou a criação de dois TRENS DA ALEGRIA. Explico: Uma secretaria com toda estrutura e penduricalhos apenas para fazer projetos e outra, pasmem, com o objetivo de cobrar mais segurança por parte do governo do estado. Agora, a pior notícia o empresário que se dizia tarimbado e preparado para governar, confessa que faltou com a verdade para com o eleitor, desconhece a realidade de Cuiabá e para gerenciá-la vai precisar contratar um gestor. Ora, o povo votou no tal gestor, ou este eleito foi apenas um embuste.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

10 + 19 =