Chico Galindo nega acusações e diz que está tranquilo, já que o programa “Poeira Zero” foi pautado na legalidade e não foi alvo de investigação pelos órgãos de controle

chico galindo na pagina do enockNota de esclarecimento

Galindo nega acusações, se diz tranquilo e confia na PF

Diante das veiculações na imprensa de um depoimento do empresário Robison Todeschini à Polícia Federal, feito no dia 23 de maio de 2014, citando um suposto esquema de desvio de recursos por meio do programa de pavimentação urbana denominado “Poeira Zero”, o ex-prefeito de Cuiabá, Francisco Galindo (PTB), vem a público esclarecer:

 

– que não conhece o empresário e que nunca autorizou qualquer medição superior para superfaturar a obra, até porque a prefeitura não tinha e não tem condições de fazer qualquer tipo de pavimento;

 

– que as acusações são levianas e contraditórias, citando terceiros recebedores dos possíveis recursos desviados;

 

– que a contradição também está na citação do empresário de que o possível esquema teve início na gestão do ex-prefeito Wilson Santos (que deixou o cargo em 2009), no entanto, o programa Poeira Zero teve início em 2011;

 

– que está tranquilo, já que o programa foi pautado na legalidade e não foi alvo de investigação pelos órgãos de controle;

 

– que ficou surpreso com a divulgação do depoimento somente um ano após ele ter sido prestado;

 

– que confia na Polícia Federal e que nunca sequer foi convidado a prestar qualquer esclarecimento sobre o assunto.

 

Cuiabá, 04 de maio de 2015.
Francisco Belo Galindo

Categorias:Cidadania

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

20 + dezoito =