PREFEITURA SANEAMENTO

CHAPADA: Entrevista com Bozó e Carlinhos do PT levanta suspeita de que nova Estação de Tratamento de Água teve falha no projeto técnico

Carlinhos do PT e Bozó, vereadores em Chapada

Vereador Bozó diz que Gestão Fake vigora em Chapada desde 1º de janeiro de 2017. Carlinhos do PT lamenta que prefeita Thelma não saiba negociar nem com vereadores de sua base

Um papo animado e muito informativo sobre Chapada dos Guimarães que poucas vezes  se viu igual na mídia mato-grossense. Assim foi a entrevista na tarde da quarta-feira, 11 de dezembro, dentro do Programa Amplo, Geral e Irrestrito, dos vereadores chapadenses Carlinhos do PT e Bozó (MDB), que conversam com o blogueiro  Enock Cavalcanti e com o ativista social Paulo Bomfim. Durante a conversa, cujo inteiro teor você confere no video abaixo,  os dois vereadores apontaram a grave dificuldade de atual prefeita de Chapada, Thelma de Oliveira (PSDB),  de promover uma gestão participativa.

Segundo Carlinhos do PT. a prefeita Thelma de Oliveira sequer consulta os próprios vereadores de sua base de sustentação na Câmara Municipal para orientar as ações de seu governo. “Ela não sabe negociar nem com seus apoiadores, imagine com nós, da oposição”, lamentou. Por isso, segundo ele, a crise que se abate sobre aquele município.

O ano de 2019 em Chapada dos Guimarães começou com uma Comissão Processante com Denúncia de Infração de Política Administrativa e termina com uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI da Água, que deverá ter seu desfecho no processo eleitoral de 2020.

O ano de 2019 da gestão Thelma de Oliveira à frente da Prefeitura de Chapada dos Guimarães,  está fechando com  a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito – Resolução nº 008/2019 da Câmara Municipal, destinada a apurar as responsabilidades sobre os graves problemas apresentados no sistema de bombeamento do Novo Sistema de Abastecimento de Água do SAAE, que teve como consequência o desabastecimento nas residências das famílias chapadenses,  desde a sua ruidosa inauguração em julho de 2017, na gestão da Prefeita Thelma de Oliveira e do governador Pedro Taques, ambos do PSDB.

O Novo Sistema de Abastecimento de Água do SAAE foi inaugurado com grande pompa pelo então governador Pedro Taques, ladeado pelo deputado estadual Wilson Santos e pela prefeita Thelma de Oliveira, sendo alardeado nos discursos e na imprensa. à época, que era uma obra que resolveria os problemas de água do município pelos próximos 40 / 50 anos.

A CPI, cujas atividades começaram no final de novembro,  é integrada pelos Vereadores Edmilson de Freitas, o Bozó, que atua como seu presidente, Rosa Lisboa – relatora e Mariano – membro.

Mesmo com a crise política e administrativa, para as festividades de final de ano, o presidente da Câmara, vereador Carlinhos do PT manifestou, durante a conversa com Enock Cavalcanti e Paulo Bomfim, acreditar que, apesar de até o momento não ter sido divulgada qualquer programação oficial ou atividade festiva pela Prefeitura, ainda espera que haverá alguma iniciativa de atividade, da parte da administração municipal para garantir a animação em Chapada que costuma atrair tantos visitantes.. Bozó garantiu que todos, especialmente os visitantes cuiabanos, poderão desfrutar com tranquilidade, durante o atual período de festas, do ambiente, da hospitalidade e do clima amistoso que impera em Chapada, que caracterizou como “amada, muito querida e pacata cidade”.

Bomfim, Carlinhos, Bozó e Enock na redação O Factual

O vereador Bozó, presidente da recém instalada CPI da Água, procurou também tranquilizar todos, moradores e veranistas. Garantiu que no Natal e na virada do ano, não haverá falta de água em Chapada. Bozo acredita que, apesar de todos os problemas que cercam a nova obra, o SAAE com as ações desenvolvidas pelo seu atual Diretor Presidente, Sr. Jodemilson, que definiu como um funcionário competente, tem dado razões para que se tenha esta tranquilidade. Informou que, com a queima e a necessidade do conserto de duas bombas que impulsionam a subida da água, foram desembolsados cerca de R$ 150 mil reais para o conserto, em regime de urgência, o que garante o abastecimento e a certeza de que, no Natal e Reveillon, haverá banho, paz e tranquilidade para todos.

O presidente da Câmara, vereador Carlinhos do PT e o presidente da CPI, vereador Bozo, manifestaram-se sobre os aspectos técnicos que impõem a necessidade de esclarecimento, por parte da CPI da Água, do porquê desta obra grandiosa e cara, que é a nova Estação de Tratamento, apresentar tantos problemas, apesar de ter consumido um volume muito alto de recursos financeiros. Tendo sido orçada inicialmente em R$ 4 milhões, após aditivos, a obra pulou para 10 milhões, acabando por consumir um montante de recursos públicos superior a  R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais), até a sua conclusão. Um dos compromissos da CPI é fornecer, ao longo dos seus trabalhos, todos os esclarecimentos necessários à comunidade chapadense, identificando também os responsáveis por  este sobrepreço tão exorbitante.

Carlinhos adiantou, durante a entrevista, que existe a suspeita de que o novo Sistema ETA e Rede de Captação e Abastecimento de Água de Chapada dos Guimarães estaria operando com capacidade ociosa, sendo subutilizado em decorrência de fatores técnicos, ou seja, erros de projeto.

Bozó apontou a necessidade de responsabilização dos responsáveis pelos problemas na obra. Afirmou que providências já foram tomadas junto ao Ministério Público Estado e à FUNASA visando esclarecer todas as possíveis irregularidades desta obra executada pela Construtora Nhambiquaras Ltda. A CPI tem previsão de duração de 3 ( três) meses, podendo ser prorrogada por mais 3(três) meses, perfazendo, se for o caso, total de 6 (seis) meses de investigações.. 

O vereador Bozó defendeu, durante esta nova edição do programa Amplo, Geral e Irrestrito, a responsabilização de quem tenha promovido os sobressaltos na população chapadense, causados pela maior obra de infra-estrutura que Chapada dos Guimarães já teve e que consumiu R$ 20 milhões e que, após apenas  1 (um) ano de uso, já queimou duas bombas e ninguém sabe por quê isso aconteceu. “Por esta razão a CPI foi criada. Tem muita coisa errada e a CPI foi formada para esclarecer e expor todas as possíveis irregularidades. Nosso compromisso é trabalhar para que a população chapadense entenda tudo que aconteceu”  afirmou Bozo. 

O mais provável é que tenha havido falha de projeto, mas isso precisa ainda ser confirmado. O que sabe é que a Construtora Nhambiquaras Ltda, que  é de propriedade dos familiares do presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho, foi a responsável pela construção e precisará também apresentar seus esclarecimentos, argumento Paulo Bomfim.

Entrevista marca mais uma edição do Amplo, Geral e Irrestrito

Na conversa dos vereadores chapadenses com o blogueiro Enock Cavalcanti, ficou patente a suspeita de que o novo Sistema ETA e Rede de Captação e Abastecimento de Água de Chapada dos Guimarães, quando consegue estar em operação, estaria operando com apenas 40% de sua capacidade. Portanto, o sistema estaria operando com capacidade ociosa de 60%, pode estar sendo subutilizado em decorrência de fatores técnicos, ou seja, erros de projeto. Com capacidade máxima de captação projetada para 400 metros cúbicos de água/hora, estima-se que hoje capta de sua fonte, apenas 170 metros cúbicos, devido ao fato de que as bombas de sucção não suportarem a rotação máxima e queimarem. Desta forma queimam-se, também, os quadros dos controles automatizados. O novo Sistema ETA, caso seja colocado em operação máxima, não suporta a pressão e transborda, o que já ocorreu quando tentaram colocar o sistema em potência de 100% de capacidade. Muitos desses fatores já foram aventados nas reuniões da CPI que daqui para adiante deve passar ao levantamento de documentação técnica e depoimento de técnicos e responsáveis administrativos pela construção.

Em intervenção durante o encontro, Paulo Bomfim lamentou a instabilidade que se constata na gestão do Serviço de Águas e Esgoto de Chapada. Tanto que o  grande enigma, é que, apesar da intensa troca de direção, com a nomeação de 7 (sete) Diretores Presidentes em 3 anos da atual gestão, o cargo de Diretor Técnico sempre foi preservado para o atual ocupante, Sr. Rodrigo Moreira. Segundo Carlinhos do PT, o Diretor Técnico Sr. Rodrigo Moreira, é uma indicação pessoal da prefeita Thelma de Oliveira. Ele será um dos gestores da Prefeitura a serem ouvidos pelos vereadores.

O programa Amplo, Geral e Irrestrito, que é sempre apresentado ao vivo, através do Facebook e outras redes sociais, é uma iniciativa conjunta do blogue PAGINA DO E, editado pelo jornalista Enock Cavalcanti, e dos sites Boa Mídia, editado pelo veterano jornalista Eduardo Gomes, e O Factual, editado pelo comunicador Cláudio Cordeiro. Na quarta-feira, dia 18, a partir das 16 horas, nova rodada de conversa vai reunir os vereadores cuiabanos Marcelo Bussiki (PSB) e Wilson Kero Kero (Podemos).

CLIQUE E CONFIRA NO VÍDEO A INTEGRA DA CONVERSA DOS VEREADORES CARLINHOS DO PT E BOZÓ COM ENOCK CAVALCANTI E PAULO BOMFIM

 

Carlinhos do PT e Bozó, vereadores de Chapada, conversam com Enock Cavalcanti e Paulo Bomfim from Enock Cavalcanti on Vimeo.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

5 + 20 =