CEARÁ VENCE MAIS UMA: Com toda sua custosa e numerosa assessoria, Assembleia faz papelão e suspende concurso depois de denúncia do MCCE – o movimento de um homem só, sem diploma mas com consciência cidadã

“Esse edital como está é um ato de improbidade. Até leis do Mato Grosso do Sul constam do edital do concurso. Essa banca não pode fazer as provas, nosso povo não merece esse tipo de tratamento da assembleia legislativa”, bradou Antônio Cavalcante, o pequeno e grande Ceará quando encaminhou denúncia solitária ao Ministério Público Estadual. Recuo da Assembleia, suspendendo o concurso, é demonstração de que o coordenador do MCCE em Mato Grosso é mesmo um homem antenado.

“Esse edital como está é um ato de improbidade. Até leis do Mato Grosso do Sul constam do edital do concurso. Essa banca não pode fazer as provas, nosso povo não merece esse tipo de tratamento da assembleia legislativa”, bradou Antônio Cavalcante, o pequeno e grande Ceará quando encaminhou denúncia solitária ao Ministério Público Estadual. Recuo da Assembleia, suspendendo o concurso, é demonstração de que o coordenador do MCCE em Mato Grosso é mesmo um homem antenado.

Mesa Diretora da Assembleia suspende até 11 de agosto concurso público A medida ocorre após a pressão de interessados em participar da seleção de servidores e movimentos populares

JONAS DA SILVA – HIPERNOTICIAS

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa decidiu suspender “em caráter temporário”, até 11 de agosto, o concurso público aberto pela instituição com o edital que ofertará 430 vagas com salários de cerca de R$ 6 mil. Nota foi emitida nessa quinta-feira com a explicação sobre as alterações no edital do concurso público.

“Asseguramos que nenhum dos candidatos já inscritos sofrerá qualquer tipo de prejuízo. Ressaltamos ainda que após essa data, será publicado um novo edital, com todas as alterações que se fizerem necessárias”, informa o comunicado.

Com isso, o prazo final de inscrição que seria nessa sexta-feira não tem mais validade. Dois contatos foram colocados na nota do legislativo para esclarecimentos. O telefone (65) 4052 9692 e o e-mail [email protected].

 

Marcos Lopes/HiperNotícias

Meta é ampliar o prazo previsto para a realização das inscrições e de isenção do valor da taxa     A Mesa Diretora explica que a decisão decorre ainda da “identificação de alguns tópicos passíveis de retificação do Edital n° 01/2013”, referente ao concurso. O Ministério Público tinha dezenas de reclamações na forma de representação e investigação referentes ao concurso.

Outro argumento da Mesa Diretora é que há “necessidade de regulamentação da participação da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção MT, nos trabalhos da Comissão de Acompanhamento do Concurso Público”.

Assim como “ampliar o prazo previsto para a realização das inscrições, bem como para o requerimento de isenção do valor da taxa de inscrição para candidatos no concurso”.

A medida ocorre após a pressão de interessados em participar da seleção de servidores e movimentos populares, como o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que nesta semana protocolizou representação no Ministério Público para questionar a empresa responsável pelo certame.

Leia a nota da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa:

NOTA – Concurso Público da Assembleia Legislativa de Mato Grosso

NOTA À IMPRENSA

A MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO, vem por meio dessa informar que,

Considerando o grande alcance popular e o apelo social que representam a realização do concurso público previsto no Edital n° 01, de 15.07.2013, bem como com a intenção de assegurar a qualidade, idoneidade e transparência que norteiam o processo;

Considerando a identificação de alguns tópicos passíveis de retificação do Edital n° 01/2013, bem como a necessidade de regulamentação da participação da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção MT, nos trabalhos da Comissão de Acompanhamento do Concurso Público;

Considerando, por fim, a intenção de ampliar o prazo previsto para a realização das inscrições, bem como para o requerimento de isenção do valor da taxa de inscrição para candidatos no concurso:

Estão suspensos, em caráter temporário, todos os atos relativos ao concurso público, originado pelo Edital n° 01/2013, até a data de 11 de agosto de 2013. Asseguramos que nenhum dos candidatos já inscritos sofrerá qualquer tipo de prejuízo.

Ressaltamos ainda que após essa data, será publicado um novo edital, com todas as alterações que se fizerem necessárias.

Mais informações podem ser obtidas através do telefone (65) 4052-9692 e/ou e-mail [email protected].

Categorias:Direito e Torto

5 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.59.69.195 - Responder

    Pois é Enock, a “consciência cidadã” do Ceará deu um nó na “casa cidadã”, adjetivo impróprio para uma casa que abriga tanta maracutaia varrida para baixo do tapete por uns vinte caititus capachos.

  2. - IP 179.245.226.73 - Responder

    Apenas um recuo pelo medo de aparecer outros furos…a folha da AL e uma caixa preta que se aberta vai mostrar funcionarios fantasmas e pagamento destes nas contas dos chefes…e por ai vai…mas a assessoria do rato chefe deve estar, neste momento, buscando um meio de dar o no em todos e efetivar o golpe planejado…e so esperar…

  3. - IP 179.252.14.217 - Responder

    Esse ceará é ” de pura cepa”.
    MT precisa de mais homens com sua coragem .

  4. - IP 186.213.224.57 - Responder

    É uma pena que ele é contra a liberdade de imprensa como a maioria dos das pessoas caídas na ideologia marxista.

    É uma pena também que o Ceará seja admirador de assassinos sanguinários como o famigerado Ernesto Guevara.

    • - IP 187.113.45.204 - Responder

      QUEM É ADMIRADOR DE ASSASSINOS, FASCISTAS, TORTURADORES, DITADORES E LACAIO DO IMPERIALISMO E DO TERRORISMO CAPITALISTA É VOCÊ JOÃO. EU SOU UM LIBERTÁRIO.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

6 + dez =