CANTANDO PELO NORDESTE: Nosso “We Are The World”, de 1985, continua atual e vale para todo o país

A campanha Nordeste Já reuniu grandes nomes da MPB

CHEGA DE MÁGOA

(Criação coletiva)

Nós não vamos nos dispersar
Juntos é tão bom saber
Que passado o tormento
Será nosso esse chão
Água, dona da vida
Ouve essa prece tão comovida
Chega
Brinca na fonte
Desce do monte
Vem como amiga
Te quero água de beber, um copo dágua
Marola mansa da maré
Mulher amada
Te quero orvalho toda manhã
Terra, olha essa terra
Raça valente, gente sofrida
Chama,
Tem que ter feira,
Tem que ter festa,
Vamos pra vida
Te quero terra pra plantar,
Te quero verde
Te quero casa pra morar,
Te quero rede
Depois da chuva o sol da manhã
Chega de mágoa,
Chega de tanto penar
Canto, o nosso canto,
Joga no vento
Uma semente, gente
Olha essa gente
Te quero água de beber
Um copo d’água
Marola mansa da maré
Mulher amada
Te quero terra pra plantar
Te quero verde
Te quero casa pra morar
Te quero rede
Depois da chuva o sol da manhã
Canto e o nosso canto
Joga no tempo uma semente
Gente
Quero te ver crescer bonita
Olha essa gente
Quero te ver crescer feliz
Olha essa gente
Olha essa terra, olha essa gente
Olha essa gente
Gente pra ser feliz, feliz
Te quero água de beber
Um copo d’água
Marola mansa da maré
Mulher amada
Te quero terra pra plantar
Te quero verde
Te quero casa pra morar
Te quero rede
Depois da chuva o sol da manhã

A HISTÓRIA

No meio dos anos 80, a exemplo do projeto americano “USA and Africa“, que lançou a mundial “We Are The World“, o Brasil viu nascer uma idéia criada para angariar fundos para a região mais pobre do país, o nordeste. O ano era 1985 e, ao contrário do que muitos pensam, a área – já refém da seca – foi vitima de um grande período de chuva, o que causou enchentes destruidoras. Cantores de várias vertentes foram convidados e solidarizaram-se com a proposta de ajudar os desabrigados. Em estúdio, gravaram duas músicas: “Chega de Mágoa” e “Seca D’água“.

(Trash 80’s)

 

Veja aqui quem participou daquela gravação histórica, em ordem alfabética:

 

Aizik, Alceu Valença, Alcione, Alves, Amelinha, Antônio Carlos, Aquiles (MPB-4), Baby Consuelo, Bebeto, Belchior, Beth Carvalho, Bussler, Caetano Veloso, Camarão, Carlinhos Vergueiro, Carlão, Celso Fonseca, Charlot, Chico Buarque, Cláudio Nucci, Cristina, Cristovam Bastos, Dadi, Daltro de Almeida, Dinorah (as gatas), Dorinha Tapajós, Dori Caymmi, Ednardo, Edu, Edu Lobo, Eduardo Dusek, Elba Ramalho, Elifas Andreato, Elisete Cardoso, Elza Soares, Emilinha Borba, Eunydice, Erasmo Carlos, Fafá de Belém, Faini, Fátima Guedes, Fernando Brant, Gal Costa, George Israel, Geraldo Azevedo, Gereba, Gilberto Gil, Golden Boys, Gonzaguinha, Guilherme Arantes, Ivan Lins, Jamil, Jacques Morelembaum, Joana, João Mário Linhares, João do Vale, José Luiz, Joyce, Kleiton e Kledir, Kid Vinil, Lana, Leoni, Leo Jaime, Lúcio Alves, Luiz Avellar, Luiz Carlos, Luiz Carlos da Vila, Luiz Duarte, Luiz Gonzaga, Luiz Melodia, Lulu Santos, Magro (MPB-4), Malard, Manassés, Maria Bethânia, Marina, Marlene, Martinho da Vila, Marçal, Maurício Tapajós, Mauro Duarte, Mazola, Miguel Denilson, Mirabô, Miltinho (MPB-4), Milton Banana, Milton Nascimento, Milton Araújo, Miúcha, Moraes Moreira, Olívia Byington, Olívia Hime, O Quarteto, Paulinho da Viola, Patativa do Assaré, Paula Toller, Pareschi, Penteado, Perrotta, Perrottão, Pepeu Gomes, Raimundo Fagner, Rafael Rabello, Reinaldo Arias, Ricardo Magno, Rita Lee, Roberto de Carvalho, Roberto Carlos, Roberto Ribeiro, Roberto Teixeira, Rosane Guedes, Roger (Ultraje a Rigor), Rosemary, Rubão, Rui (MPB-4), Sandra de Sá, Sérgio Ricardo, Simone, Sílvio Cézar, Sueli Costa, Stephani, Tânia Alves, Tavito, Teo Lima, Telma, Telma Costa, Terezinha de Jesus, Tim Maia, Tom Jobim, Tunai, Verônica Sabino, Vilma Nascimento, Virgílio, Yura, Wagner Tiso, Walter, Zenilda, Zé da Flauta, Zé Ramalho, Zé Renato, Zizi Possi.

No livro Vale tudo – o som e a fúria de Tim Maia (Ed. Objetiva), Nelson Motta descreve os bastidores da gravação. Zeca Rodrigues, o diretor do clipe, também conta sua experiência numa entrevista à Revista MTV, reproduzida no site Planeta Sustentável.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dezenove − dois =