(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

VICENTE VUOLO: Quando o ex-senador Vicente Vuolo completou seu último aniversário, houve uma grande festa em Brasília no Clube das Nações. Uma noite Brasil – Itália. O Embaixador da Itália participou do evento, levando de presente uma bandeira da Itália. O bolo feito em forma de um trem de ferro, com as cores ítalo-brasileiras, transportava em seus vagões a harmonia, a paz e a integração dos dois países.

Publicados

Brasil, mostra tua cara

Vicente Vuolo, economista, é filho de Vicente Emílio Vuolo, senador da República, já falecido

Vicente Vuolo, economista, cientista politico e analista legislativo no Senado Federal, é filho de Vicente Emílio Vuolo, senador da República, já falecido


AMIZADE BRASIL – ITÁLIA
por Vicente Vuolo
De acordo com a estimativa italiana, vivem no Brasil mais de 30 milhões de descendentes de imigrantes italianos (cerca de 15% da população brasileira), metade no Estado de São Paulo. Os ítalo-brasileiros estão espalhados principalmente pelos Estados do Sul e do Sudeste.
Este ano de 2014 é muito especial para nossos países. O Brasil está recebendo pela segunda vez na história, a Copa do Mundo de Futebol e nós, que também somos a pátria das chuteiras, não podemos deixar de enaltecer a contribuição italiana à grande festa que almejamos.
Trata-se de mais de 100 eventos, que já estão acontecendo em cada canto do Brasil, reunidos em uma programação chamada “Itália na Copa”: Concertos, exposições, gastronomia, enologia, design, história, cinema, esporte, tudo no espírito de celebrar os inúmeros laços e pontos de encontro entre os nossos povos.
Para o Embaixador da Itália no Brasil, Raffaele Trombetta, “Itália na Copa” foi um grande trabalho desenvolvido em conjunto, que recebeu apoio de muitas empresas italianas presentes no Brasil. Atualmente, existem 850 companhias italianas em funcionamento no país, com investimentos da ordem de 1 bilhão de dólares em 2013. E, os investimentos só tendem a aumentar. No 1º de julho, a Itália assumirá a presidência da União Europeia.
Por isso, é muito importante que o brasileiro receba com o máximo de carinho, educação e civilidade todas as pessoas que virão de todas as partes. Serão dias determinantes para a Europa e para o Brasil. É uma grande oportunidade para os nossos países estreitarem, ainda mais, as relações e ampliar a cooperação bilateral, em busca da paz e do bem-estar de todos.
A Itália não jogará em Cuiabá, mas virão outros países da Europa, Ásia, América do Sul e África. Vamos dar uma aula de hospitalidade, que o cuiabano sabe fazer como ninguém. Sou parte desta Escola. Sou parte de Cuiabá. Sou cuiabano. Mas, sou, também, sou neto de italiano. Francisco Palmieri Vuolo, imigrante da região da Calábria, se tornou comerciante no tradicional bairro do Porto. Plantou raízes, trouxe amor e paz. Enfrentou dificuldades, mas adotou o Brasil. Depois de trabalhar no Rio de Janeiro, veio para Cuiabá, onde se casou com a cuiabana Adalgiza Rosa Vuolo. Pai de três filhos, Lourdes, Rubens e Vicente. Todos bem educados. A primeira, alta funcionária da Caixa Econômica. O segundo, Procurador do Estado. E Vicente (meu pai) bancário do Banco do Brasil, advogado e político.
Portanto, ao falar da Copa, não há como deixar de lembrar das duas seleções mais vitoriosas. Lembro-me com carinho, a final da Copa de 70, Brasil x Itália. Estava ao lado do meu pai, escutando pelo rádio. Era uma antiga chácara, no bairro Cidade Alta. Não tinha energia ainda. Mas, um motor a gasolina. A família toda reunida. A cada gol do Brasil (foram quatro) as alegrias se misturavam com as lágrimas das lembranças do saudoso imigrante Francisco Palmieri.
O nosso desejo é que o Brasil seja protagonista da melhor de todas as Copas. Que a amizade Brasil-Itália esteja no coração também de todos os outros torcedores nesta Copa. Que não esqueçamos a contribuição que cada país deu para o Brasil.
Quando o ex-senador Vicente Vuolo completou seu último aniversário, houve uma grande festa em Brasília no Clube das Nações. Uma noite Brasil – Itália. O Embaixador da Itália participou do evento, levando de presente uma bandeira da Itália. O bolo feito em forma de um trem de ferro, com as cores ítalo-brasileiras transportava em seus vagões a harmonia, a paz e a integração dos dois países.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  ANDERSON MACIEL: Somos sabedores de que a existência e a aplicação das leis não são suficientes para a erradicação da discriminação racial. Por isso, surge o Tucanafro, com o propósito de somar fileiras no trabalho de vascularizar consciência e solidariedade quanto ao tema. A luta não é só do negro, é minha também

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

Presidente participa da Marcha para Jesus em Curitiba

Publicados

em

O presidente Jair Bolsonaro participou neste sábado (21), em Curitiba, da Marcha para Jesus. O evento organizado por grupos evangélicos voltou a ser realizado na capital paranaense após dois anos. A marcha havia sido interrompida em virtude da pandemia de covid-19. 

“Sabemos o quão importante é a liberdade de religião e de expressão em nosso Brasil”, afirmou Bolsonaro durante a marcha. “Hoje, todos nós daremos as nossas vidas pela liberdade. Esse é o bem maior de um país que se diz democrático. Essa é a razão maior de lutarmos por nossos objetivos. A liberdade é mais importante do que a própria vida, a história nos mostra isso”, acrescentou.

O presidente retornou a Brasília logo após a participação no evento e não tem outros compromissos oficiais neste fim de semana.

Edição: Lílian Beraldo

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Câmara aprova PL que aumenta gastos em publicidade digital
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA