(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

Mulheres já são chefes de família em 37% dos lares brasileiros.A maioria ainda são mulheres sozinhas com filhos. Nos lares onde a presença feminina é a referência, só 46,4% são casadas.

Publicados

Brasil, mostra tua cara

Mulheres já são chefes de família em 37% dos lares brasileiros
Em 2000, parcela era de 22%, diz IBGE. Maioria vive sozinha com filhos
Cássia Almeida
O GLOBO
RIO — Assim como avança no mercado de trabalho, a mulher assume cada vez mais o papel de responsável pela família. Em dez anos, sua participação subiu de 22,2%, em 2000, para 37,3% em 2010, de acordo com os dados do Censo 2010, divulgados ontem pelo IBGE. O IBGE traçou um perfil de quem é esse chefe de família. A maioria ainda são mulheres sozinhas com filhos. Nos lares onde a presença feminina é a referência, só 46,4% são casadas. Quando o responsável é homem, o percentual sobe para 92,2%. Essas proporções eram bem diferentes em 2000. Naquela época, só 19,5% tinham companheiro.
A secretária executiva Joice Hurtado mora sozinha com os filhos. Após dois casamentos, que duraram 13 anos ao todo, ela vive hoje com os filhos gêmeos, de 9 anos, e o de 2 anos, de sua segunda união. Além disso, sustenta a mãe, desempregada e sem aposentadoria, e o irmão mais novo, de 20 anos, que recebe salário mínimo como estagiário de Direito.
— A principal dificuldade é em relação à educação. Gasto R$ 1.300 com os três, que têm bolsas de estudos. Só com as compras de supermercado, gasto mil reais por mês. É impossível manter um padrão mínimo ganhando menos que R$ 5 mil — diz Joice.
Para a economista Ana Amélia Camarano, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a responsabilidade familiar feminina veio para ficar:
— Não há qualquer indício de que isso vá mudar. As mulheres já respondem por 42% da renda das famílias.
O censo também mostrou que a renda familiar não é exclusividade do chefe: em 62,7% das famílias, responsável e cônjuge têm renda. Em 21,2% dos lares onde a mulher é referência, ela não tem renda. (Colaborou Marcello Corrêa)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  ENOCK CAVALCANTI: Marília Beatriz, a risonha Marília Beatriz, morreu triste

Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Brasil, mostra tua cara

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

Publicados

em

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) apresentou hoje (12) registro de candidatura à Presidência da República no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A chapa terá Padre Kelmon, do mesmo partido, como candidato à vice-presidente.

Jefferson declarou à Justiça Eleitoral lista de bens avaliados em R$ 745 mil – valor investido em aplicações financeiras. Kelmon declarou R$ 8,5 mil aplicados em caderneta de poupança.

Na proposta de governo enviada ao TSE, a chapa defende a liberdade como princípio fundamental, direito à legítima defesa, ao porte de arma de fogo, a criminalização da “cristofobia”, o agravamento da pedofilia como crime hediondo e a proibição da legalização, venda e cultivo da maconha.

Na educação, os candidatos defendem a remuneração digna aos professores, ensino universitário gratuito, mas reembolsado pelos formados, e a erradicação do analfabetismo.

No meio-ambiente, propõe a exploração racional dos recursos naturais e equilíbrio entre desenvolvimento econômico e proteção à natureza.

Até o momento, o TSE recebeu 11 pedidos de registros de candidatura à Presidência. Para os cargos de deputado estadual, federal, distrital, senador e governador, o registro é realizado nos tribunais regionais eleitorais.

Leia Também:  Setor elétrico quer revogar obrigação de se instalar termelétricas

O pedido de registro é uma formalidade necessária para que a Justiça Eleitoral possa verificar se os candidatos têm alguma restrição legal e não podem concorrer às eleições de outubro.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Política Nacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA