(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

Morre aos 76 anos o vereador de São Paulo Arnaldo Faria de Sá

Publicados

Brasil, mostra tua cara

Morreu na manhã de hoje (16) o vereador de São Paulo Arnaldo Faria de Sá, aos 76 anos. Faria de Sá estava internado desde a semana passada após testar positivo para covid-19, mas a causa da morte ainda não foi confirmada. Ele já havia sido submetido a um tratamento de câncer. Atualmente, ele ocupava a Câmara Municipal de São Paulo, onde presidia a Comissão Extraordinária do Idoso e de Assistência Social, mas foi deputado federal por oito mandatos.

O presidente da Câmara Municipal de São Paulo, Milton Leite (União Brasil) lamentou a morte de Faria de Sá em nota oficial. “Advogado, professor e deputado federal por oito mandatos, Faria de Sá trabalhou praticamente a vida toda pela defesa dos idosos e pelos direitos dos aposentados e pensionistas”, lembrou o vereador.

Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, usou as redes sociais para prestar homenagens a Faria de Sá. “Deixa o exemplo de um homem público capaz de divergir e convergir com firmeza e flexibilidade, sempre com seu carisma e sua simpatia”, disse. “Transmito à família as mais sinceras condolências e declaro luto oficial por três dias em homenagem ao deputado Arnaldo Faria de Sá”, acrescentou.

Leia Também:  PEDRO SERRANO (professor de Direito Constitucional da PUC-SP, mestre e doutor em Direito do Estado): No debate sobre a convocação de uma Constituinte, o que menos conta é a avaliação jurídica da proposta porque a discussão é essencialmente política. Uma Assembleia exclusiva para fazer a reforma política, nesse caso, seria uma exceção à ordem jurídica, mas não no sentido de desconstituir direitos, mas de constituir novos direitos.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), também lembrou do vereador, com quem dividiu o plenário da Câmara. “Lamento o falecimento do ex-deputado Faria de Sá, meu amigo e ex-colega na Câmara dos Deputados. Meus sentimentos aos familiares, amigos e admiradores. Homem dedicado à vida pública, defensor de boas causas, como a luta dos direitos dos idosos. Seu legado não será esquecido”.

Nascido em São Paulo no dia 30 de dezembro de 1945, Arnaldo Faria de Sá era contabilista, advogado e professor e começou sua carreira profissional como office-boy. Além de ter sido deputado federal, também foi secretário municipal de Esportes e de Governo da cidade de São Paulo. Faria de Sá deixa esposa, duas filhas e três netos.

Edição: Lílian Beraldo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil, mostra tua cara

Vera Lúcia, do PSTU, registra de candidatura à Presidência no TSE

Publicados

em

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu ontem (6) o pedido de registro de candidatura da operária Vera Lúcia, do PSTU, à presidência da República. A candidata à vice-presidência é a indígena Raquel Tremembé.

No pedido de registro, Vera declarou depósito de R$ 8,8 mil em poupança como único item da lista de bens. De acordo com informações do site do TSE, ainda não houve cadastramento da lista de bens de Raquel.

A candidatura do PSTU não tem coligações e o partido não participa de nenhuma federação partidária.

Conforme proposta de governo enviada ao TSE, a chapa do PSTU defende uma “alternativa socialista à barbárie promovida pelo capitalismo”.

O pedido de registro de candidatura na Justiça Eleitoral é o primeiro passo para a oficialização dos nomes dos candidatos que foram aprovados nas convenções partidárias e pretendem concorrer às eleições de outubro.

Oficialmente, a campanha eleitoral, quando os candidatos podem efetivamente pedir votos e divulgar seus números, começa no dia 16 de agosto. O registro no TSE e nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) deve ser feito até o dia 15 de agosto.

Leia Também:  Abraço com Riva e Éder derruba candidatura de Lúdio

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Política Nacional

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA