(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

Empresa de fertilizantes do Marrocos vai ampliar atuação no Brasil 

Publicados

Brasil, mostra tua cara

A Companhia Office Chérifien des Phosphates (OCP), do Marrocos, pretende instalar uma unidade produtora de fosfato no Brasil. Nesta quinta-feira (22), uma comitiva com integrantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento esteve reunida com representantes da empresa estatal produtora de fertilizantes do Marrocos, que é a segunda produtora mundial do produto. O encontro ocorreu em Rabat, capital do Marrocos. 

Segundo o ministério, a intenção de ampliação da empresa marroquina contribui para o Plano Nacional de Fertilizantes, lançado em março para estimular a produção nacional de fostato e compensar a falta do produto devido à guerra entre a Rússia e a Ucrânia, países que também estão entre os maiores produtores mundiais do fertilizante. 

Na avaliação do ministro da Agricultura, Marcos Montes, a visão da empresa está em sinergia com as metas do Brasil para a sustentabilidade e segurança alimentar mundial. 

“Temos essa responsabilidade conjunta, tanto essa empresa, que é detentora da maior reserva de fosfato do mundo, como o Brasil, que tem uma extensão de terra e tecnologia científica forte para produzir alimentos para o mundo”, disse Montes. 

Leia Também:  PROFESSOR VALERIO MAZZUOLI: Lula deveria esgotar recursos internos antes de ir à ONU. Leia, na integra, a petição de Lula

O Marrocos possui cerca de 70% das reservas mundiais de rocha fosfática e é o maior fornecedor de fósforo para o Brasil. A estatal marroquina está em atuação no Brasil desde 2010 e tem sete escritórios no país. 

* Com informações do Ministério da Agricultura

Edição: Fábio Massalli

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Brasil, mostra tua cara

Covid-19: publicada lei que autoriza doar vacinas a outros países

Publicados

em

O Congresso Nacional autorizou o governo a doar imunizantes contra a covid-19 a outros países afetados pela pandemia, em caráter de cooperação humanitária. Essa possibilidade está prevista na Lei 14.343, publicada no Diário Oficial da União de hoje (20).

De acordo com a nova lei, caberá ao Ministério da Saúde intermediar as doações, bem como definir quantitativos e destinatários dos imunizantes doados, desde que “ouvido o Ministério das Relações Exteriores”.

As despesas que decorrerem do transporte dos imunizantes doados ficarão a cargo do país destinatário da doação ou à conta de dotações orçamentárias do governo federal ou de outros colaboradores.

Ainda segundo a nova legislação, a doação dependerá da manifestação de interesse e da anuência de recebimento do imunizante pelo país beneficiado.

Edição: Denise Griesinger

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  CEARÁ E VILSON NERY: Há exatamente um ano o Brasil experimentou a sua “primavera das manifestações”, com o povo indo às ruas em movimentos conhecidos como o “Manifesto dos 20 Centavos”, que se opunha ao reajuste das tarifas públicas de transporte coletivo. Sob todos os ângulos, foi o movimento coletivo difuso mais surpreendente da história nacional recente
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA