(65) 99638-6107

CUIABÁ

Brasil, mostra tua cara

Barroso se reúne com deputados da comissão do voto impresso

Publicados

Brasil, mostra tua cara


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, se reuniu hoje (21) com deputados federais para apresentar o funcionamento do sistema eletrônico de votação. O convite aos parlamentares foi feito após Barroso participar, na semana passada, de audiência na Câmara dos Deputados para debater a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/2019 que pretende implantar o voto impresso nas eleições brasileiras. 

Durante o encontro, Barroso e técnicos do tribunal apresentaram os mecanismos de auditoria das urnas eletrônicas e a sala-cofre do TSE, local onde estão os supercomputadores que fazem o processamento dos dados da votação. 

Segundo o presidente, o encontro foi realizado para mostrar aos parlamentares o trabalho do TSE para garantir a segurança e transparência das eleições. 

Participaram da audiência os deputados Paulo Eduardo Martins (PSC-PR), Felipe Barros (PSL-PR), Bia Kicis (PSL-DF), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Caroline de Toni (PSL-SC), Orlando Silva (PcdoB-SP), Fernanda Melchionna (PSOL-RS) e Arlindo Chinaglia (PT-SP). 

Edição: Aline Leal

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  ARQUITETO JOSÉ ANTONIO LEMOS: 55% dos que votaram para deputado federal votaram em outros candidatos, votos que somados pela legenda definiram os escolhidos para as 8 cadeiras, cada uma valendo 167.664 votos. Pior, contando com as abstenções a proporção dos que votaram nos candidatos eleitos fica em restrita a 35%, isto é, em cada 3 eleitores inscritos apenas 1 votou nos eleitos! Como dizer que os eleitores os elegeram? O problema não está em votar em um e eleger outro, mas no eleitor não saber quem de fato pode eleger com seu voto
Propaganda

Brasil, mostra tua cara

Presidente Bolsonaro condecora ministros com a Ordem do Rio Branco

Publicados

em


O presidente Jair Bolsonaro condecorou hoje (8) personalidades civis e militares com a Ordem de Rio Branco, honraria concedida pelos serviços prestados ao país. A cerimônia de entrega das medalhas foi realizada no Itamaraty, em Brasília. 

Foram agraciados pelo presidente com o grau Grã-Cruz a primeira-dama, Michele Bolsonaro, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, o ministro da Cidadania, João Roma, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, o ministro do Turismo, Gilson Machado, e a ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda. 

O ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), Bruno Bianco, o procurador-geral da República, Augusto Aras, e os presidentes da Caixa, Pedro Guimarães, e do BNDES, Gustavo Montezano, também receberam a honraria. 

A Ordem de Rio Branco foi instituída em 1963 em homenagem ao Barão do Rio Branco, patrono da diplomacia brasileira.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bandeirantes punida por ataque a quem não acredita em Deus
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA