BLAIRO MAGGI: “Nosso grupo fatura uns US$ 5 bilhões por ano. Não precisaria simular um empréstimo de US$ 380 mil. É muito complicado. Para você se enrolar, basta um descuido. Assim que terminar meu mandato de senador, encerro minha carreira.Vou voltar para minha casa e vou ser feliz. Já dei minha participação nesse processo todo”.

 

BLAIRO MAGGI AVISA: “VOU DEIXAR A POLÍTICA”

STUCKERT:

Citado na Operação Ararath, da Polícia Federal, o senador Blairo Maggi (PR-MT) anuncia que não disputará mais eleições; “assim que terminar meu mandato de senador, encerro minha carreira”; ele nega enfaticamente as suspeitas que surgiram no inquérito da PF; “Nosso grupo fatura uns US$ 5 bilhões por ano. Não precisaria simular um empréstimo de US$ 380 mil”; Maggi vinha sendo pressionado pelo ex-presidente Lula para concorrer ao governo do Mato Grosso, com apoio do PT

 

 

Mato Grosso 247 – O senador Blairo Maggi (PR-MT) não será mais candidato ao governo do Mato Grosso em 2014. Quem avisa é o próprio parlamentar, que foi alvejado pela Operação Ararath da Polícia Federal. “Assim que terminar meu mandato de senador, encerro minha carreira”, disse Maggi ao jornalista Hugo Marques, da revista Veja. “É muito complicado. Para você se enrolar, basta um descuido. Vou voltar para minha casa e vou ser feliz. Já dei minha participação nesse processo todo”.

Governador do Mato Grosso entre 2003 e 2010, Maggi vinha sendo pressionado a concorrer novamente em 2014. Um dos entusiastas de sua candidatura era o ex-presidente Lula, que prometia apoio do PT e engajamento em sua campanha. Recentemente, os dois estiveram juntos em Cuba, quando trataram do tema. No entanto, Maggi afirma que não disputará mais qualquer eleição.

Segundo a Operação Ararath, o senador seria destinatário de empréstimos fraudulentos – o que ele nega. “Eu jamais fiz operação alguma com o intuito de receber recursos. Um amigo meu pediu um aval no banco. Fiz um favor, ele não conseguiu pagar e me cobra a dívida”, afirma.

Maggi diz também que não teria qualquer necessidade de simular empréstimos para receber US$ 380 mil. “Nosso grupo fatura uns US$ 5 bilhões por ano”. Conhecido como “rei da soja”, ele controla o grupo André Maggi, que é um dos maiores produtores e processadores de grãos do mundo.

Com sua desistência, a eleição se torna menos previsível no Mato Grosso.

6 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 191.247.228.6 - Responder

    Sempre a justificativa de que por ser rico não precisa roubar. Essa justificativa já enganou muitos incautos que acreditaram nesse blá blá blá. Mas a verdade virá a tona e o ar de bom moço cairá. E aí ser ou não candidato não será escolha pessoal. Passará a ser determinação judicial de impedimento.

  2. - IP 177.41.90.224 - Responder

    Encerra assim de maneira melancólica o desgoverno mais CORRUPTO da historia de mato grosso.Mais de 6 secretários de estado presos,mais de 10 processados .Nenhum legado, só vergonha e constrangimento! Age como se não tivesse nada a ver com eles,foram os outros que fizeram ,MAS, as escolhas e os convites para esses larápios participarem do governo e nos roubarem durante 12 anos FOI DELE! Já vai tarde!

  3. - IP 177.41.90.224 - Responder

    Quando se ouviu na história politica de MT que um governador do Estado seria fiador de um empréstimo em um banco, para uma empreiteira,quando um Frederico Campos,um Garcia Neto,mesmo um dos Campos,ou mesmo um Bezerra,que não são anjos,se prestariam a um papel ridículo desses.O grupo pode faturar 100 bilhões ,não importa,o que importa é que ele não fosse desonesto,como está parecendo!

  4. - IP 189.10.9.153 - Responder

    Já vai tarde senador , ou melhor , nunca deveria ter entrado para a política, afinal sempre “governou”para quem usa esse país como se fosse somente seu.
    E para rebater essa de que nÃo precisava “simular” um empréstimo , podemos ver que quem tem muito , sempre quer mais não é:

    “O tratamento da ex-primeira dama Terezinha Maggi foi prestado em 2009. Teria custado R$ 204 mil, segundo declaração de Blairo Maggi à imprensa. Ele teria pago R$ 95 mil e o MT Saúde restituiu o restante.”

  5. - IP 191.217.222.58 - Responder

    Todos matogrossenses acreditavam nessa maxima Blairo é rico não precisa roubar, balela! Blairo só não roubou como todos secretarios eram da sua extrema confiança e meteram a mão nos cofres do estado sobre a supervisão do governador maggi. Blairo, ninguem cai mais nessa sua conversinha. Cidinho, Novack,Marchetti, De Vitto, Eder Moraes todos seus emoregados de confiança…

  6. - IP 189.59.37.223 - Responder

    A explicação é simples:
    Os mais ricos do Brasil em 2002
    Joseph Safra
    Ermírio de Moraes
    Aloysio Faria
    Julio Bozano
    Abílio Diniz
    Julio Bozano
    Lily Safra
    CADE A FAMÍLIA MAGGI? AGORA: PASSADOS 8 ANOS NO GOVERNO DO MT
    Os mais ricos do Brasil em 2014
    Marinho
    Safra
    Ermírio de Moraes
    Moreira Sales
    Camargo Correa
    Villela
    Maggi
    MISSÃO CUMPRIDA!

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

quatro × cinco =