Campanha Coronavirus

Bancários farão assembleia hoje (12) para definir greve

Bancários realizam hoje (12) assembleia geral para definir greve da categoria. As negociações com os bancos não apresentaram avanços na área de segurança, melhores condições de trabalho e valorização. A assembleia será a partir das 18 horas no auditório Primeiro de Maio, na sede do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (SEEB-MT), localizado na Rua Barão de Melgaço, n° 3, 190.

As principais reivindicações dos trabalhadores são segurança nos bancos com maior investimento na área, aumento real, valorização do piso, PLR de três salários mais R$ 4.961,28 fixos, mais contratações e garantias contra demissões imotivadas, entre outros.

Os bancários também reivindicam reajuste salarial de 10,25%, o que significa 5% de aumento real acima da inflação projetada de 4,97. Contrariando as expectativas de que colocariam novos avanços na mesa de negociação, os bancos mantiveram a proposta de 6% de reajuste (aproximadamente 0,7% de aumento real), feita no dia 28 de agosto.

“Durante a assembleia, vamos reunir a categoria para definir se vamos definir a greve. Já utilizamos todas as formas para negociar, mas os bancos insistem em não avançar nas negociações. Somente através da mobilização do trabalhador é que vamos conseguir avançar nesse processo. A greve será uma conseqüência da intransigência dos banqueiros, visto que, entregamos a minuta no dia 1º de agosto, um mês antes da nossa data base, e os bancos insistem em não valorizar os trabalhadores que geram o lucro de bilhões para o sistema financeiro”, destaca o presidente do SEEB-MT, José Maria Guerra.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

5 × quatro =