VEJA O VIDEO – Rede Record mostra que Policarpo Jr, Roberto Civita e revista “Veja” atendiam interesses do bicheiro Carlinhos Cachoeira

Parlamentares querem Civita e Policarpo na CPI

Autor do primeiro requerimento para instalação da comissão, deputado Protógenes Queiroz considera essencial a convocação de presidente do Grupo Abril e do diretor da sucursal de Veja em Brasília; deputada Íris Araújo e senadora Vanessa Grazziotin apoiam necessidade dos depoimentos de ambos para explicar relacionamento com contraventor Carlinhos Cachoeira

247 – O presidente do Grupo Abril, Roberto Civita, e o diretor da sucursal de Brasília da revista Veja, Policarpo Junior, ficaram, nesta segunda-feira, mais perto de prestarem depoimentos oficiais à CPI do Cachoeira, no Congresso. Após reportagem do programa Domingo Espetacular, da Rede Record, com a divulgação de grampos inéditos sobre conversas telefônicas entre Cachoeira e o ex-diretor da Delta Engenharia, Claudio Abreu, ficou claro que eles articulavam e comemoravam a publicação de notícias na publicação. “O homem está lá no 1103”, disse Cachoeira a Policarpo, numa das conversas gravadas pela Operação Monte Carlos, marcando, com isso, a entrevista do jornalista com o então executivo da empreiteira. Depois do encontro, Abreu comemorou o resultado com Cachoeira. “Ele só faltou me dar um beijo”, disse Abreu ao contraventor. “Foi a fonte”, resumiu, elogiando o relacionamento de confinaça entre Cachoeira e Policarpo. “A presidente Dilma mandou afastar todos os citados na reportagem da Veja”, exultou o então diretor da Delta a Cachoeira.

“Diante dessas informações, é inevitável que a CPI convoque tanto o jornalista Policarpo como o presidente do Grupo Abril, Roberto Civita, para explicar esse relacionamento”, disse ao Jornal da Record desta segunda-feira 7 o deputado Protógenes Queiroz (PCdoB-SP), autor do requerimento de instalação da comissão. “Todos esse envolvidos têm de ser ouvidos, para que a apuração seja correta”, acrescentou a deputada Íris de Araújo (PMDB-GO). “Tudo o que é relacionado a esse caso tem de ser investigado pela CPI”, somou a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM).

Categorias:Imprensa em debate

2 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 189.68.43.119 - Responder

    parabéns Rede Record pela coragem em mostrar esta reportagem, como podemos confiar nesta empresa Grupo Abril e sua revista veja que não tem respeito pelos cidadões brasileiros? Usam de sua influência para garantir o poder sobre empresas, licitações, etc JÁ CHEGA, A VIDRAÇA VAI CAIR PARA AQUELES QUE NÃO RESPEITAM OS CIDADÕES, SEJA QUEM FOR …

  2. - IP 201.78.125.47 - Responder

    Estou com a revista veja foi por causa da revista que hoje sabemos que existe tanta roubalheira neste Brasil a fora inclusive imprensa chapa branca que hoje mama o meu dinheiro pago pelo governo federal.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

um × 5 =