Apoiado e respaldado pelo secretário da SAD, Francisco Faiad e pelos sindicalistas do Fórum Sindical, o contador Flavio Taques, atuando com discrição como presidente do MT Saúde, vai colocando plano de saúde dos servidores nos eixos e gerando uma economia mensal de inacreditáveis R$ 500 mil reais para os cofres do Estado de Mato Grosso

 O contador Flávio Taques comanda a volta por cima no MT Saúde. Com apoio do secretário Faiad, Taques simplificou a administração do Plano, feita hoje por uma pequena equipe de 36 servidores, dispensando o serviço das antigas operadoras, como a Open e a Samaritano, que cobram 500 mil do Governo do Estado pelo seu serviço, dinheiro que deixou de vazar dos cofres públicos. Flávio Taques também supervisionou o trabalho de técnicos do Cepromat na implantação de um novo sistema de informática, que já está em fase de testes, possibilitando ao Estado economia de mais de 2 milhões de reais.


O contador Flávio Taques comanda a volta por cima no MT Saúde. Com apoio do secretário Faiad, Taques simplificou a administração do Plano, feita hoje por uma pequena equipe de 36 servidores, dispensando o serviço das antigas operadoras, como a Open e a Samaritano, que cobram 500 mil do Governo do Estado pelo seu serviço, dinheiro que deixou de vazar dos cofres públicos. Flávio Taques também supervisionou o trabalho de técnicos do Cepromat na implantação de um novo sistema de informática, que já está em fase de testes, possibilitando ao Estado economia de mais de 2 milhões de reais.

Mato Grosso é uma terra de contradições sem fim. Nestes cafundós do Centro Oeste brasileiro, nós vemos deputado acusado de arrombar os cofres da própria Assembleia Legislativa onde trabalha e, mesmo assim, continuar a ser paparicado, nos meios políticos e na mídia, como se fosse uma espécie de semi-deus.

Por outro lado, outros servidores, que defendem o erário e contribuem para a preservação do patrimônio público nem sempre são lembrados e em alguns casos permanecem desconhecidos do grande público mato-grossense.

Esse eu avalio que é o caso do contador Flávio Taques, servidor de carreira do Estado, e atualmente atuando como presidente do MT Saúde. Nesses últimos meses, atuando com discriçao mas com inegável pulso firme, Flávio Taques vem promovendo um saudável transformação ainda não devidamente documentada, registrada e exaltada como deve ser.
Sob o comando de Flávio Taques – que, felizmente, vem contando com apoio e respaldo do atual secretário da SAD, o advogado Francisco Faiad, e dos sindicalistas do Fórum Sindical – o MT Saúde está deixando de ser um plano maldito, falido e mal falado para se transformar num plano viável que tem tudo para ser imbatível na comparação com outros planos de saúde com atuação em Mato Grosso.

Basta atentar para dois aspectos: rompidos os contratos com operadoras como a Open e a Samaritano, que recebiam perto de 500 mil reais para cuidar do gerenciamento do Plano, se transformando, ao fim e ao cabo, em focos de corrupção, hoje é Flávio Taques, com pequena equipe de 36 servidores, que vem cuidando diuturnamente do atendimento aos atuais sservidores inscritos do MT Saúde que hoje contam com uma rede de médicos, hospitais e clínicas credenciadas que só faz crescer.

Quando as operadores anteriormente contratadas tiveram seus contratos rompidos, foram se embora daqui levando consigo seus sistemas de informatização do Plano. Adquirir um novo custaria aos cofres do Estado uma despesa mínima de pelo menos 2 milhões de reais. Também esta despesa foi contornada pessoalmente por Flávio Taques que, respaldado por Faiad e respaldado pelo presidente do Cepromat, Wilson Teixeira Dentinho, coordenou a formatação do novo sistema de informatização dos serviços que já está implantado e em fase de teste.

Realmente, o contador Flávio Taques é o que podemos chamar de um destaque positivo como gestor público. Agora é torcer para que o MT Saúde, agora começando a entrar em fase de gestão compartilhada, com o Governo do Estado e os sindicatos filiados ao Fórum sindical dividindo as responsabilidade pelo seu futuro, dê definitivamente a volta por cima e consolide um atendimento de qualidade aos servidores públicos de Mato Grosso.

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

seis + três =