ANTHONY GAROTINHO: Um apostador ganhou 550 vezes na loteria. Outro, 327 vezes. Mas o mais incrível é um cidadão agraciado com 107 prêmios, em 7 modalidades diferentes, em vários estados e no mesmo dia! Por essa razão, vamos instalar, com urgência, na Câmara Federal, a CPI das Loterias da Caixa.

MEGA SENA FRAUDEHaja sorte!
Anthony Garotinho

A instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as loterias da Caixa Econômica Federal – CEF, mais que uma demanda necessária, evidencia-se como urgente.

Encontro no dia 7 de maio com o Senhor Gilson César Pereira Braga, Superintendente Nacional de Loterias da Caixa Econômica Federal, revelou que minha intuição estava correta. Na conversa, mostrei-lhe números que pareciam surreais: um apostador que ganhou 550 vezes na loteria, outro que ganhou 327 vezes, ou – o mais incrível de todos – um cidadão agraciado com 107 prêmios da loteria, em sete modalidades diferentes, em vários estados da Federação e no mesmo dia! Diante desses absurdos, ouvi do superintendente uma resposta que, francamente, jamais poderia imaginar receber: Ou eles têm muita sorte, ou fazem muitos jogos.

Ainda insisti, com perplexidade, em confirmar se esses dados seriam verdadeiros. Sim, são verdadeiros, as suas informações estão corretas, respondeu o Senhor Gilson Braga. Cabe notar, fato que deixei claro na conversa, que o cálculo matemático encomendado por mim aponta que a probabilidade de uma pessoa ganhar na loteria, jogando três cartões toda semana, é de uma vez em 400 anos. Não é, portanto, razoável acreditar que pessoas tivessem vencido prêmios mais de 500 vezes!

Apesar de demonstrar segurança e de afirmar que as Loterias da CEF são submetidas a rigorosos critérios de controle, o Superintende de Loterias não me convenceu. Acho que nem a mim, nem a milhões de brasileiros que fazem todos os dias suas apostas nas Loterias da Caixa. De acordo com dados da própria instituição, retirados da publicação A Sorte em Números 2012, só no ano passado o volume de vendas das Loterias Federais – considerando todas as dez modalidades – totalizou R$ 10,49 bilhões, os quais representaram a possibilidade de realização dos sonhos de milhares de apostadores.

Por essa razão, além de enviar requerimentos de informação ao COAF – Conselho de Controle de Atividades Financeiras e à própria Caixa Econômica Federal, vamos mobilizar o maior número de assinaturas para instalar, com urgência, na Câmara Federal, a CPI das Loterias da Caixa.

É melhor investigar que acreditar em tanta sorte!

Anthony Garotinho é deputado federal pelo PR do Rio de Janeiro

10 Comentários

Assinar feed dos Comentários

  1. - IP 201.40.5.191 - Responder

    Para quê? Mais uma CPI, não dá em nada, por isso que parei de jogar, tem uma região do ouro em São Paulo, só dá ganhador lá, deve ser reza da boa! O único modo de acabar com isso é uma lei, que obrigasse os jogadores a colocarem o CPF nos bilhetes, assim resolveria tudo acabaria a velha história de politico sujo ou dono de empreiteira comprar bilhetes premiados (lavagem de dinheiro legalizada), o “Garotinho” já é bem grande e sabe disso, se o PR realmente quisesse acabar com a mamata já tinha virado lei.

  2. - IP 189.74.59.178 - Responder

    É tudo papo furado do garotinho. Falar que tem fraude é fácil. Quero ver ele provar.
    Eu não sei qual é o interesse dele em colocar em dúvidas os sorteios da Caixa.
    Ora, que já assistiu como é realizado o sorteio de Loterias pela Caixa, sabe que é impossível haver manipulação.
    No mes passado, tivemos o caminhão da sorte aqui em Cuiabá e pudemos ver que é tudo auditado.
    Há todo um ritual para se realizar os sorteios.
    Durante os sorteios, qualquer pessoa pode ir lá na frente conferir o peso das bolas, ver tudo pessoalmente.
    Enfim, reconhecidamente é impossível haver fraudes nos sorteios da Caixa.

    • - IP 201.79.192.68 - Responder

      Se houver um imã que atrai as bolas dos resultados pré estipulados?

    • - IP 201.3.138.207 - Responder

      Tu deve ser político ou funcionário do esquema da caixa.

  3. - IP 201.67.60.80 - Responder

    Concordo com Luis Eduardo, tudo feito nas vistas o espectador e auditado, o problema é com a “lavagem do dinheiro” conforme relatou acima o Wellington Araújo Ferreira.
    Portanto basta a CEF exigir o número do CPF em cada bilhete, ou seja um bilhete pode conter 10 jogos, tudo estaria resolvido, e o sortudo premiado poderia transferir as partes do premio “apenas” para seus “ascendentes e descendentes” conforme disposto no código civil brasileiro. Acabaria a “LAVANDERIA BRASIL”, O MP pode ver isso né?

  4. - IP 179.236.159.160 - Responder

    Não tenho o que comentar sobre a notícia pois esse assunto não é novo, isso sempre aconteceu.
    O que tem me impressionado é o quanto nós brasileiros estamos decepcionados com o Brasil, com a lei brasileira, com a maioria das coisas relacionadas a justiça e ao governo.
    Tenho lido sobre as notícias do congresso, de brasilia, da megasena, da fraude no futebol, das investigações quanto ás obras da copa… a quantidade de pessoas totalmente incredulas, aborrecidas chega a ser impressionante.
    A politica brasileira e a justiça fizeram do povo um grande celereiro de pessoas que simplesmente não confiam nada na política, e assim também está a justiça com sua grande farra de remendos e subterfúgios que previlegiam que tem dinheiro e esmaga quem não tem. O ridículo virou “prato da á moda da casa” no Brasil.

  5. - IP 201.15.158.24 - Responder

    É chover no molhado, sempre vai continuar a “rapôsa dentro do galinheiro” onde começam as grandes

    falcatruas, negociatas, dinheiro aquí ,alí, garanto que na nova classe média com o vultuoso salário de

    r$ 1.600,00 reais como dizem é que não é. Vai-se os anéis e também os dedos dos pobres sofredores

    que estão com as finanças arrazadas de tanto pagar impôstos e contribuir para o”cofrinho” dos grandes

    Tenho a convicção e certeza que se o criador dêste imenso Universo tivesse que iniciar novamente o que

    fêz, o mesmo iria pensar duas vêzes…..e não faria.

  6. - IP 189.10.153.169 - Responder

    Acredito q a sorte está sendo direcionada e eu tô fora dos escolhidos, jogo há mais de 30 anos e nada,, então seu João de Deus manda uma dezenas pro lado de cá,

  7. - IP 177.86.156.218 - Responder

    Simplesmente não jogo.

  8. - IP 187.52.115.67 - Responder

    Os auditores populares não manuseiam as bolinhas nada. Apenas olham se estão as dezenas de 01 a 60. Depois anotam as que saem . tambem conferem o super lacre de segurança inviolável (kkkkk) de plástico que tranca a maleta com as bolinhas.

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

dez + 20 =