Advogado Paulo Lemos pede que MPF identifique povo de MT que quer Congresso e STF fechados

Lemos e a manifestação de 19 de abril, investigada pelo STF e PGR

 

 

Quem esteve lá? Quem organizou? Quem financiou a colorida manifestação golpista diante do quartel?

Se depender do advogado mato-grossense Paulo Lemos, o inquérito solicitado em Brasília pelo procurador geral de Justiça, Augusto Aras, e já autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, deverá ter imediato desdobramento aqui em Mato Grosso, através da representação local do Ministério Público Federal.

Neste segunda-feira, 27 de abril, o advogado Paulo Lemos, conhecido e reconhecido por sua combatividade, e que atua atualmente no interior de Mato Grosso, na comarca de Matupá, protocolou digitalmente na Sala de Atendimento ao Cidadão, no site do MPF-MT uma representação em que informa aos procuradores da República, em nosso Estado, a realização, em Cuiabá, no dia 19 de abril último, de uma manifestação que repetiu em nossa capital as mesmas ilegalidades que motivaram o PGR Aras a abrir o procedimento investigatório em Brasília.

Segundo o PGR Aras, o ato na Capital Federal, que contou inclusive com a participação do presidente da República Jair Bolsonaro, representou uma afronta à Constituição e, por isso, seus patrocinadores precisam ser devidamente identificados e punidos. O pedido do MPF foi recebido pelo ministro Alexandre de Moraes e o inquérito já esta em andamento, no âmbio do STF, correndo infelizmente em segredo de Justiça.

Para reforçar sua denúncia, o advogado Paulo Lemos anexou à sua representação cópia da matéria desta PAGINA DO E, em que registramos o ato acontecido diante do quartel do 44 Regimento, no Goiabeiras, em Cuiabá, com destacada atuação da colunista social Roseli Arruda.

No destaque, o protocolo do MPF-MT confirmado o recebimento da representação encaminhada pelo advogado de Matupá.

 

 

 

 

Protocolo do MPF-MT de repr… by Enock Cavalcanti on Scribd

 

RELEIA AQUI A REPORTAGEM DA PAGINA DO E SOBRE O ATO PRÓ-DITADURA EM CUIABÁ: https://paginadoenock.com.br/enock-cavalcanti-roseli-arruda-colunista-da-cuiabania-clama-pela-volta-da-ditadura-militar-acho-que-essa-velha-senhora-perdeu-o-rumo-leia-carta-dos-governadores/

Sem comentários. Seja o primeiro a comentar

Assinar feed dos Comentários

Deixe seu Comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos com * são obrigatórios.

4 × 5 =