(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Vítimas de violência doméstica participam de encontro na Delegacia de Cáceres

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia da Mulher de Cáceres (228 km a oeste de Cuiabá), promoveu nesta quinta-feira (26.08), evento às mulheres vítimas de violência doméstica, em referência ao Agosto Lilás. O encontro realizado na unidade policial contou com parceria de psicólogos especializados em atendimento pós-traumas.

Seguindo os protocolos de segurança, mulheres que foram atendidas na delegacia nos últimos meses, foram convidadas para participar de uma palestra explanada pela delegada Judá Marcondes que explicou os tipos de violência doméstica.

Ainda durante o evento, os psicólogos discorreram sobre o medo enfrentado pelas vítimas e estratégias para combatê-lo. Ao final, as mulheres receberam brindes fornecidos pelas lojas da cidade e participaram de um coquetel.

“O objetivo é a busca do resgate da autoestima das mulheres inseridas no campo da violência doméstica, mostrando-lhes mecanismos e estratégicas de rompimento do ciclo de violência a que estão sujeitas”, disse a delegada.

Colaboradores: Mapili decorações, Psicoclínica, psicólogos Carla Souza, Vanessa Melo, Wanderson Meroti, Eliane Ortiz, Gazin, Juba Supermercados, laboratório exame.

Leia Também:  Policiais civis e militares deflagram operação contra ações criminosa em Cáceres

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Leia Também:  Policiais civis e militares deflagram operação contra ações criminosa em Cáceres

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA