(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Suspeito de tráfico de drogas sintéticas é preso em flagrante em Sapezal

Publicados

A sociedade contra o crime


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Uma ação investigativa da Polícia Civil em Sapezal (480 km a noroeste de Cuiabá) nesta quinta-feira (24) levou à prisão em flagrante um jovem de 21 anos que vinha traficando drogas sintéticas na cidade. Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do suspeito, os policiais civis, com apoio da Polícia Militar, aprenderam LSD, skunk (conhecida como super maconha) e materiais para embalar entorpecentes.

A Polícia Civil deflagrou a ação para coibir o tráfico de drogas na cidade. Ao cumprir o mandado judicial, que integra uma investigação aberta pela Delegacia para apurar a atuação do suspeito na venda de entorpecentes no município, os policiais encontraram na casa do rapaz diversos comprimidos de ácido lisérgico, um pote com porções de maconha conhecida como skunk e plástico usado para embalar as drogas, além de uma balança de precisão. Parte do material apreendido foi encontrada dentro do guarda-roupas do suspeito.

O delegado de Sapezal, Heberth Hugo Montenegro, pontuou que as apreensões comprovam a conduta criminosa do suspeito, que é alvo de um inquérito em tramitação na unidade policial, onde ele aparece como fornecedor de drogas na cidade.

Leia Também:  Mulher é presa com arma roubada e mais de 30 munições em Rosário Oeste

O rapaz foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e após os procedimentos policiais, será encaminhado a uma unidade prisional da região.

A ação desta quinta-feira faz parte da Operação Narco Brasil, deflagrada no início de junho em todos os estados do País pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, com atividades inerentes à prevenção, inteligência e repressão ao tráfico de drogas em todo o país.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Polícia Civil apreende 5 tijolos de maconha, arma de fogo e prende 7 suspeitos durante averiguação de uma denúncia

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil prendeu sete pessoas, entre elas dois adolescentes, e apreendeu cinco tijolos de maconha e uma arma de fogo, na manhã de sábado (24.07), no município de Colniza (1.065 km a noroeste de Cuiabá), durante diligências para averiguar uma denúncia anônima.

Quatro homens e uma mulher foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. Um deles responderá também por posse ilegal de arma de fogo. Já os adolescentes, ambos de 16 anos, responderão ato infracional análogo aos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

As diligências iniciaram logo que a Delegacia de Polícia de Colniza recebeu denúncia sobre certa quantidade de drogas que seria entregue na cidade. De posse das informações, os policiais civis passaram a diligenciar para apurar os fatos.

Na investigação a equipe foi até uma empresa transportadora, onde em campana foi avistado o momento em que um menor de idade chegou no local para pegar uma encomenda suspeita. Ato contínuo foi feito acompanhamento do adolescente, o qual seguiu até uma residência. . 

Leia Também:  Polícia Civil recupera barco e motor subtraídos por 'piratas' no Rio Araguaia

Assim que os policiais civis se aproximaram da casa, foi de imediato encontrado no terreno uma balança de precisão, uma porção de entorpecentes, além da mercadoria contendo quatro tijolos grandes e mais um tijolo médio de maconha. 

Todos os indivíduos que estavam no endereço (incluindo o menor de idade) foram detidos e conduzidos. Durante o procedimento na delegacia, foi percebido que o aparelho celular do adolescente tocava insistentemente. Perguntado quem era, o infrator contou que se tratava da pessoa que seria o destinatário do carregamento de droga, bem como indicou o endereço do mesmo. 

Com base nos relatos, os investigadores foram até a casa do suspeito que receberia a mercadoria ilícita, e quando chegaram encontraram outro adolescente na frente do imóvel com um simulacro de arma de fogo.

No interior da casa foi apreendida uma espingarda de pressão modificada para calibre 22. Diante do flagrante, o maior e o menor de idade, também foi encaminhados para a unidade policial.

Os conduzidos foram interrogados, sendo autuados em flagrante e ato infracional respectivamente. Após a confecção dos autos os suspeitos foram apresentados e colocados à disposição da Justiça.

Leia Também:  Polícia Civil encerra semestre em Rondonópolis com incineração de mais de 1,5 tonelada de entorpecentes

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA