(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Suspeito de agredir esposa durante a noite é preso pela Polícia Civil após sair para trabalhar na manhã seguinte

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de agredir a companheira por ciúmes foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na terça-feira (11.05), em rápida ação realizada pela equipe de Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá. O suspeito, de 22 anos, foi localizado na manhã seguinte ao crime, após ter deixado a vítima sozinha em casa com vários hematomas, a proibindo de sair.

As agressões ocorreram na noite de segunda-feira (10) na residência do casal na comunidade “Pé de Galinha”, a cerca de 20 quilômetros da área urbana da cidade. No local, os policiais encontraram a vítima com vários hematomas no rosto e demais partes do corpo, sendo a vítima imediatamente encaminhada para o hospital, para atendimento médico.

Segundo as informações, o suspeito agrediu a vítima por volta das 21 horas e na manhã seguinte saiu para trabalhar, deixando a companheira sozinha em casa, dizendo que se ela saísse ele a mataria.

Após o suspeito deixar a residência, a vítima foi procurar ajuda na casa de um vizinho que acionou a Polícia. Imediatamente após a constatação dos fatos, os policiais da Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade iniciaram as diligências, conseguindo localizar o suspeito logo em seguida.

Leia Também:  Traficante que usava adolescente na venda de drogas é preso em flagrante na área central de Rondonópolis

Questionado, ele confessou os fatos e disse que as agressões contra a companheira foram motivadas por ciúmes, após ver uma troca de mensagens da sua esposa com o ex-marido.

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade, onde após ser interrogado pelo delegado João Paulo Berté, foi autuado em flagrante por lesão corporal  e ameaça no âmbito da Lei Maria da Penha.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Menor envolvido em roubos, tentativa de homicídio e estupro de vulnerável tem mandado de internação cumprido em Poconé

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um adolescente de alta periculosidade envolvido em diversos atos infracionais na cidade de Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) teve o mandado de internação cumprido, nesta quinta-feira (24.06), no município. A ordem de internação expedida com base nas investigaões da Polícia Civil foi cumprida pela equipe da Polícia Militar.

O menor de 17 anos teve o envolvimento identificado em casos de roubo com cárcere privado, roubo de gado, estupro de vulnerável, aborto, tentativa de homicídio todos ocorridos em Poconé.  

O adolescente foi identificado como um dos autores do roubo em uma propriedade rural de Nossa Senhora do Livramento (42 km ao sul de Cuiabá) em que funcionários e suas famílias foram feitas reféns, trancados em um cômodo por aproximadamente 19 horas.

Do local foram roubados 82 cabeças de gado, cada uma avaliada em torno de R$ 2,5 mil,  localizadas e recuperadas pelos policiais civis e militares poucas horas depois do crime.

O menor também foi identificado como o autor de estupro de vulnerável contra uma adolescente, de 13 anos, que engravidou do suspeito. O caso ficou conhecido na cidade após a menor sofrer um aborto e o feto ser jogado no quintal da casa.

Leia Também:  Polícia Civil prende irmão de traficante em mais uma ação de combate ao tráfico em Confresa

O adolescente ainda estaria envolvido em crime de roubo com restrição de liberdade da vítima cometido contra o dono de supermercado em Poconé e em uma tentativa de homicídio, em que a vítima foi alvejada com três disparos de arma de fogo.

Com base nas investigações da Delegacia de Poconé, foi expedido pelo Ministério Público o mandado de internação do menor, por envolvimento no roubo com restrição de liberdade da vítima. O mandado judicial foi expedido na noite de quarta-feira (23), sendo imediatamente cumprida pela Polícia Militar.

Segundo o delegado, Maurício Pereira Maciel, o menor foi ouvido pela participação no roubo e também pela atuação nos demais atos infracionais. “Ele tem outras ordens judiciais representadas, pelo envolvimento nos outros casos, porém ainda não foram expedidas pela Justiça”, disse o delegado.

Após os procedimentos, o adolescente foi encaminhado para Complexo Socioeducativo do Pomeri, onde foi conseguida a vaga para internação do menor infrator.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA