(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Policial civil prende dois homens logo após furtarem uma loja em Paranaíta

Publicados

A sociedade contra o crime

Dois homens que furtaram um estabelecimento comercial na noite de terça-feira (10.05), em Paranaíta (851 km ao norte de Cuiabá), sendo um deles foragido da Justiça, foram presos pela Polícia Civil imediatamente após o crime.

Os suspeitos de 27 e 24 anos foram autuados pelos crimes de furto e dano qualificado. O homem de 24 anos também foi responderá por resistência a prisão, bem como contra ele foi cumprido um mandado de prisão que estava em aberto.

Durante deslocamento na região central da cidade, um policial civil ouviu um barulho muito alto e avistou dois indivíduos correndo pela rua carregando vários produtos nas mãos. Ao perceber que se tratava de fuga, o investigador procedeu com a abordagem.

O rapaz de 27 anos obedeceu a ordem de parada. No entanto, o segundo envolvido reagiu violentamente indo para cima do policial civil, sendo necessário o uso de força moderada e aplicado técnicas para a imobilização para conter o suspeito.

Momento depois uma guarnição da Polícia Militar chegou no local e auxiliou na condução dos suspeitos até a Delegacia de Paranaíta.

Leia Também:  Investigados pela Polícia Civil por crimes de violência doméstica são presos no interior

Com os conduzidos foram recuperados os aparelhos eletrônicos subtraídos, como notebooks, celulares, relógios e outros. Os materiais subtraídos foram avaliados em aproximadamente R$ 12 mil.

Na unidade policial foram feitas as checagens dos conduzidos, sendo constatado contra o rapaz de 27 anos um mandado de prisão decretado pela Justiça. Diante dos fatos, ambos foram interrogados e autuados em flagrante delito.

Após a confecção dos autos e o devido cumprimento a ordem judicial, os presos foram apresentados e colocados à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Agressor é preso novamente depois de sair da prisão, descumprir medida protetiva e ameaçar vítima

Publicados

em

Um agressor de 51 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil na sexta-feira (24.06), em Sapezal, após descumprir medida protetiva e ameaçar a ex-mulher, se aproximando de locais em que ela estava e rodando a casa da vítima.

O suspeito estava preso por crimes no âmbito da violência doméstica praticados contra a vítima e após ser liberado da prisão nesta semana, voltou a ameaçar a ex-mulher, que tem uma medida protetiva em vigor.

A vítima procurou a Delegacia da Polícia Civil na tarde de sexta-feira e informou que o agressor voltou a se aproximar dela no mesmo dia que deixou a prisão e também ameaçou pessoas próximas a ela.

Na quinta-feira pela manhã, por volta das 06h30 horas, o suspeito foi até a residência da vítima e ficou esperando por ela na porta do prédio e depois ligou para um familiar da vítima e fez novas ameaças.

Após as informações prestadas ela vítima, uma equipe de investigadores fez diligências e localizou o suspeito próximo ao prédio da delegacia, mexendo no seu veículo que estava estacionado. Ele foi conduzido para a Delegacia de Sapezal e autuado em flagrante pelo delegado Heberth Hugo Montenegro pelo descumprimento de medida protetiva de urgência.

Leia Também:  Operação Asfixia cumpre mandados contra suspeitos de integrar facção criminosa em Cocalinho
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA