(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Policiais civis recuperam várias ferramentas furtadas e prendem um homem pelo crime de receptação

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria | Polícia Civil-MT

Várias ferramentas furtadas de uma residência em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), foram recuperadas pela Polícia Civil, na tarde de terça-feira (08.02), após investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município.

Portador de tornozeleira eletrônica, um homem de 40 anos e que estava na posse dos objetos subtraídos, foi conduzido para esclarecimentos e autuado em flagrante pelo crime de receptação.

Foram recuperados três serras mármore, um macaco hidráulico, uma maleta de ferramentas, três furadeiras, celulares, além de apreendida a motocicleta Honda Biz utilizada no crime.

Conforme ocorrência registrada o crime foi na manhã do dia 29 de janeiro, em uma residência no bairro Vila Aurora II. Os moradores saíram para ir ao mercado, e quando retornaram para casa, encontraram o portão arrombado e o miolo da fechadura da porta da frente quebrado.

Os cômodos do imóvel foram bastante revirados e bagunçados, sendo do local subtraído diversos produtos, aparelhos eletrônicos, ferramentas, joias, entre outros pertences. De acordo com a vítima, um tapete da casa foi jogado no telhado e nele haviam fezes.

Leia Também:  Equipamentos avaliados em R$ 150 mil e furtados de fazenda são recuperados e res suspeitos presos

Durante diligências os policiais civis tiveram acesso as imagens captadas por câmeras de segurança, em que aparece um indivíduo em uma motocicleta carregando os objetos furtados. Em checagem no sistema foi identificado o endereço da proprietária do veículo.

Com base nos indícios a equipe foi até o bairro Jardim Liberdade, e se deparou com um homem saindo de uma casa com a motocicleta investigada. Na abordagem foi avistado na varanda as ferramentas da vítima.

Questionado acerca dos fatos, o mesmo informou que estava passando pelo bairro Vila Aurora, quando encontrou um indivíduo que lhe ofereceu os referidos materiais pelo valor de R$ 450.

Ao checar o nome do suspeito foi verificado diversas passagens criminais por furto, razão pela qual este faz utilização de tornozeleira eletrônica. Diante do flagrante, ele foi conduzido até a Derf-Rondonópolis, interrogado e autuado por receptação.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Publicados

em

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Leia Também:  Judiciário e Polícia Civil celebram um ano de Botão do Pânico apresentando aprimoramentos

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA