(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Policiais civis prendem receptador de produtos levados de loja e identificam autores do furto

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis de Vila Bela da Santíssima Trindade recuperaram dezenas de relógios furtados de uma loja da cidade e prenderam em flagrante o receptador dos produtos. Durante as diligências realizadas nesta terça-feira (13.04), a equipe policial também conseguiu identificar os autores do furto ocorrido no final de semana, em uma loja de eletrodoméstico, no centro da cidade.

Na madrugada do dia 10 de abril, o estabelecimento comercial localizado no centro da cidade foi invadido, quando os autores quebraram uma vidraça da loja e furtaram dezenas de relógios de pulso e dinheiro do caixa.

O suspeito preso nesta terça-feira relatou aos policiais a participação no crime. Ele indicou os dois criminosos que furtaram a loja e após cometer o crime, o procuraram em sua casa para que escondesse os objetos.

Dois dos relógios furtados foram entregues pelo receptador a um irmão dele. Um dos relógios foi localizado enterrado no fundo da residência do rapaz.

A investigação da Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade prossegue para localizar os outros envolvidos no crime.

Leia Também:  Foragidos por crimes como homicídio, roubo, tráfico e associação criminosa são presos em Cuiabá e VG

O rapaz de 21 anos teve o auto de prisão em flagrante lavrado e foi encaminhado para audiência de custódia da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Suspeito de furtos cometidos contra casas e comércio é detido em flagrante, em Comodoro

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

Um homem foi detido neste sábado (15) por policiais civis e militares em Comodoro suspeitos de praticar diversos furtos na cidade. Os policiais foram acionados depois que o suspeito foi visto em um mercado, no bairro Cidade Verde. Ao chegar ao local, o suspeito já havia saído, mas foi detido logo em seguida por outra equipe policial, próximo a uma praça.

Em entrevista com o suspeito, os policiais questionaram sobre o furto ocorrido a um escritório de advocacia e ele confirmou o crime e que os objetos levados estariam um hotel, onde se hospedou, além de outros furtos cometidos a estabelecimentos comerciais e residências. 

Em buscas no hotel, os policiais localizaram uma bolsa com um notebook, um HD externo e outros objetos levados do escritório de advocacia. Ao ser indagado sobre  outros furtos ocorridos nos últimos dias na cidade, o suspeito afirmou ter realizado o furto de dois aparelhos celulares no prédio da Defensoria Pública de Comodoro e de um aparelho celular em um restaurante. Ele afirmou ainda que vendeu os celulares na conveniência de um supermercado.

Leia Também:  Dois foragidos da Justiça são presos em ações da Polícia Civil de Juína

O homem relatou ainda um furto cometido em uma residência, de onde levou tapetes e depois pediu a uma pessoa para guarda-los. Os policiais localizaram a pessoa e recuperaram os tapetes.

Em outro furto, ele levou uma arma de fogo de uma propriedade onde tinha trabalhado. A arma foi localizada com um terceiro, que foi conduzido à delegacia por posse irregular de arma de fogo.

Em outra ocorrência citada pelo suspeito, ele furtou uma loja ao lado de um supermercado e subtraiu uma bolsa contendo dinheiro. Após gastar todo o dinheiro,  jogou a bolsa dentro de um bueiro. Os policiais localizaram a bolsa no local indicado pelo suspeito.

Outro furto confessado pelo suspeito ocorreu também em uma loja, de onde ele levou diversas peças de roupas, que deixou na casa de um conhecido seu. As roupas foram entregues pela pessoa que guardou as peças.

Após a localização dos objetos furtados, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Comodoro, onde foi autuado e permanece preso.

Leia Também:  Polícia Civil deflagra operação contra associação criminosa envolvida em roubos em propriedades rurais na região de fronteira

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA