(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Policiais civis cumprem oito mandados judiciais em investigação sobre homicídio ocorrido em Sorriso

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais civis da Delegacia de Sorriso cumpriram na manhã desta quinta-feira (15.04), mandados judiciais, sendo dois de prisões e seis de busca e apreensão, que fazem parte da investigação de um homicídio ocorrido no mês de fevereiro, no município.

Os mandados foram cumpridos contra os alvos identificados no curso da investigação como envolvidos no homicídio que vitimou Abraão de Carvalho Pereira, 21 anos.

No dia 20 de fevereiro, a Polícia Civil de Sorriso foi comunicada sobre a ocorrência de um homicídio no bairro São José.  Imagens coletadas pela equipe de investigação mostraram três pessoas, sendo dois adultos e um adolescente correndo atrás da vítima. Após alcançá-la, os suspeitos desferiram vários golpes de faca, que levaram a vítima a óbito.

Com base nas informações coletadas durante as diligências e investigações, a equipe da Divisão de Homicídios da Delegacia de Sorriso chegou à identificação dos suspeitos e dos possíveis endereços. O delegado José Getúlio Daniel representou ao Poder Judiciário pelos mandados de apreensões domiciliares e de prisão, deferidos pelo Poder Judiciário.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre mandados em operação de combate ao tráfico de drogas em Feliz Natal

Os dois adultos foram presos nesta quinta-feira, em uma mesma residência. Os policiais também apreenderam provas que corroboram a participação dos suspeitos no homicídio.

Todos os materiais coletados serão analisados para esclarecer a motivação do crime.

Os suspeitos foram ouvidos na delegacia e confessaram que discutiram e depois agrediram a vítima, mas negam que tenham desferido os golpes que levaram Abraão a óbito.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Policiais civis recuperam motocicleta que foi vendida a vítima e estava com antigo dono do veículo

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva) recuperaram no fim de semana uma motocicleta modelo Honda Biz que teria sido furtada próximo ao bairro Dom Aquino, na Capital.

A equipe policial realizou pesquisas para checar a origem da motocicleta e localizou outros boletins de ocorrências de furto para o mesmo veículo, sendo dois deles registrados em abril e maio deste ano, um deles feito pelo mesmo comunicante, o que causou estranheza aos investigadores e a suspeita de se tratar de um golpe.

Com as informações em mãos, os policiais mantiveram contato com a vítima que constava em um dos boletins, que informou ter adquirido a motocicleta de seu patrão, que por sua vez a comprou de um ex-funcionário, sendo acertado que ele realizaria a transferência futura para a vítima do boletim que noticiou o furto.

A vítima disse ainda que o ex-dono da moto ligou informando que o veículo havia sido apreendido pela PM e estava no pátio de uma delegacia, contudo, ao checar essa suposta apreensão, os policiais da Derfva não localizaram nenhum registro.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre mandados em operação de combate ao tráfico de drogas em Feliz Natal

Os policiais então localizaram o endereço do antigo dono da motocicleta e ao chegar ao local foram informados de que ele havia saído de casa em uma motocicleta Honda Biz, com as características da moto que teria sido furtada. Minutos depois, o rapaz apareceu, porém, sem a motocicleta e disse que a deixou estacionada no bairro Alameda, em Várzea Grande.

A equipe da Derfva localizou a motocicleta no local informado e enquanto aguardava o guincho para transportá-la ao pátio da delegacia, a mãe do rapaz apareceu e agrediu verbalmente os policiais e insinuou estavam auferindo vantagem financeira do ex-patrão do filho.

A mulher e o filho foram conduzidos para a delegacia. Após ser apresentada ao delegado plantonista, ela pediu desculpas aos policiais.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA