(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil recupera em Nova Mutum carreta roubada em Diamantino

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma carreta carretada carregada com mais de 30 toneladas de vergalhão de ferro, produto de roubo ocorrido no município de Diamantino (208 km a médio-norte de Cuiabá) foi recuperada pela Polícia Civil, na quinta-feira (13.01), em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Nova Mutum (264 km a médio-norte da Capital).

O roubo com restrição de liberdade da vítima ocorreu na quarta-feira (12), quando o motorista da carreta Volvo seguia na BR 163, sentido a Sinop, e foi abordado por dois homens que desceram de um veículo, em posse de uma arma de fogo e anunciaram o assalto.

Os criminosos colocaram a vítima na boleia do caminhão e transitaram com ela por aproximadamente meia hora até levarem o motorista até um cativeiro na beira da mata. Além da carga, dentro do caminhão havia dois cheques e o valor de R$ 2 mil em dinheiro.

A vítima conseguiu se libertar do cativeiro, ocasião em que pediu por ajuda. Assim que foi acionada do roubo, a equipe da Derf de Novo Mutum iniciou as diligências para identificar os suspeitos do roubo e localizar o veículo.

Leia Também:  Polícia Civil entrega armamentos para unidade especializada e anuncia nova sede para GCCO

Com as informações levantadas pelo motorista e pela transportadora, o caminhão volvo fh/460 foi recuperado juntamente a carga. O veículo estava abandonado a aproximadamente 10 km de Nova Mutum em uma estrada vicinal.

As investigações seguem em andamento para identificar os autores do crime.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Policiais civis apreendem madeira ilegal e veículos em área de reserva indígena, em Comodoro

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT 

A Polícia Civil apreendeu no último fim de semana uma camionete e um trator escondidos em uma área onde foram encontrados resquícios de retirada ilegal de madeira, dentro de uma reserva indígena, no município de Comodoro.

A Delegacia de Comodoro recebeu denúncias de que em uma área da reserva indígena Vale do Guaporé, a oeste de Comodoro, havia estradas abertas para a retirada de madeira. A equipe de investigação contou com a ajuda de um drone para sobrevoo na mata em busca de indícios de remoção de madeira da reserva.

Em um determinado ponto,foi localizada, escondida entre a vegetação, uma caminhonete D10 branca e um trator sem identificação, comumente utilizado para arrastar toras derrubadas. No mesmo dia, após incursão em trilhas na região, a equipe policial localizou outras entradas e duas esplanadas contendo madeiras em lascas e descascadas da espécie Aroeira.

Esse tipo de madeira tem alto valor comercial e são vendidas para a construção de cercas e currais. Todo o material e os veículos foram removidos e depositados no pátio da Secretaria de Obras do município. A equipe permanece com as investigações para apurar os possíveis autores do crime ambiental.

Leia Também:  Polícia Civil entrega armamentos para unidade especializada e anuncia nova sede para GCCO

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA