(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil prende quatro pessoas durante buscas para desarticular tráfico de drogas em Rondonópolis

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

Quatro mandados de busca e apreensão domiciliar em pontos ligados ao tráfico de drogas foram cumpridos pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (15.07), em operação deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá).

A ação resultou em quatro pessoas, um homem e três mulheres, presas pelos crimes de tráfico de drogas e associação para tráfico, além da apreensão de diversas porções de entorpecentes, mais de R$ 3 mil em dinheiro, dois veículos, além de apetrechos relacionados ao tráfico.

As ordens judiciais decretadas pela 5ª Vara Criminal com base nas investigações da Derf Rondonópolis tinham como alvo endereços nos bairros Jardim Eldorado, Jardim Primavera, Jardim das Flores e Vila Lourdes. Três menores também foram conduzidos durante os trabalhos.

Flagrante 1

Um dos alvos, no bairro Jardim Eldorado, já era monitorado pela equipe da Derf há cinco meses pela suspeita de atuação direta de um casal com a venda de entorpecentes. No mês de maio, a suspeita foi flagrada em um bar em posse de 25 porções de pasta base de cocaína e logo após sair da cadeia teria retornado a atuação com a atividade ilícita junto ao comparsa.

Segundo as informações, os suspeitos se uniram para morar e abrir um bar em um antigo motel da cidade, onde também realizavam o comércio de entorpecentes. Durante o trabalho de monitoramento do local, foi percebida a grande movimentação de usuários que também ingeriam bebida alcoólica no local.

As investigações apontam que a mulher ficava responsável por receber os usuários enquanto o homem utilizava uma motocicleta para fazer a entrega dos entorpecentes. O comércio ilícito também contava com o apoio de uma garota de programa que guardava a droga e entregava aos usuários.

Leia Também:  Organização criminosa liderada por egresso do sistema prisional de MT aplicava dinheiro de golpes no mercado imobiliário

Em buscas no estabelecimento, os policiais apreenderam várias porções de entorpecentes em diferentes cômodos, sendo localizado no quarto da suspeita, diversas porções de pasta base de cocaína e maconha, escondidos dentro do colchão que tinha uma abertura estratégica para pegar a droga.

Na recepção, foram encontradas porções de pasta base de cocaína, cocaína, maconha, máquina de cartão e caderno com anotações do tráfico. No quarto alugado pelo suspeito (que não estava no local no momento da ação policial), foram localizadas dezenas porções de pasta base de cocaína.

Em continuidade as diligências, os policiais seguiram para a casa da garota de programa, onde estaria guardada a maior parte da droga, sendo localizado no endereço, diversas porções grandes de pasta base de cocaína.

A traficante e a garota de programa e foram conduzidas à Derf e após serem interrogadas foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Flagrante 2

Durante buscas em outro alvo, mais uma mulher envolvida com o tráfico de drogas foi presa em flagrante. Os policiais da Derf tinham informações da atuação da suspeita com o comércio de cocaína, na região da Vila Operária.

Segundo as investigações, a traficante usa os filhos, uma delas menor, como ajudantes comércio de drogas, sendo identificado três endereços de atuação da suspeita, nos bairros Jardim Primavera, Jardim das Flores e Lúcia Maggi.

Leia Também:  Polícia Civil lamenta a morte do investigador Anízio Batista da Silva

Em um dos endereços da filha da suspeita, a menor tentou resistir a abordagem policial e foi apreendida. No local, foi encontrada uma porção de cocaína pura e outra de maconha.

No endereço da traficante, no bairro Lúcia Maggi, ao perceber a abordagem policial, a suspeita se manteve em silêncio para não abrir a porta, enquanto tentava se desfazer de uma porção de entorpecente, jogando a droga no vaso sanitário. Os policiais conseguiram puxar a sacola que a investigada jogou no vaso sendo contatado se tratar de uma porção de cocaína, parte da droga caiu na água não sendo possível a recuperação.

No local, também foi apreendido um veículo HB20 e três aparelhos de TV de origem ilícita. A suspeita foi conduzida à Derf, onde após ser interrogada foi autuada em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores.

Flagrante 3

Mais um mandado de busca e apreensão domiciliar foi cumprido no bairro Vila Lourdes contra um suspeito de manter um ponto de venda de drogas em sua residência. Durante as buscas no local, os policiais encontraram no guarda-roupas do investigado 10 porções de pasta base de cocaína, meio tablete de maconha, balança de precisão e a quantia de R$ 3.097 em dinheiro, além de diversos objetos de origem ilícita.

Ainda durante as buscas no local, foi apreendido um veículo Golf utilizado pelo suspeito na atividade do tráfico. Diante das evidências, o traficante foi conduzido à Derf onde foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Leia Também:  Autor de roubo foragido da Justiça tem prisão cumprida pela Polícia Civil em Cáceres

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA