(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil prende mulher e comparsa com grande quantidade de drogas, munições e dinheiro

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma mulher e um homem foram presos pela Polícia Civil com aproximadamente 100 porções de diferentes tipos de entorpecentes, 200 munições e dinheiro, na noite de sexta-feira (13.08), no município de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá), após investigação de combate ao comércio de drogas na região.

A suspeita apontada como líder de 25 anos, e seu comparsa de 23 anos, foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. A mulher responderá também foi posse ou porte ilegal de munições de uso restrito ou proibido.

Durante diligências investigativas visando desarticular grupos criminosos em Confresa, os policiais civis identificaram a jovem com passagens pela polícia, envolvida novamente com o tráfico de drogas. Diante dos indícios ela passou a ser monitorada, sendo então verificado que a entrega das substâncias ilícitas era feita por ela em uma motocicleta Honda Biz de cor vermelha.

No final da tarde de sexta-feira (13), a equipe avistou o momento em que a investigada foi até um residência no bairro Morada Nova, onde já havia evidências de funcionar como ponto de venda de drogas, razão pela qual ao sair do imóvel a mulher foi abordada. Com ela foi apreendido mais de R$ 800 em dinheiro, bem como sua bolsa apresentava forte odor de entorpecente. 

Leia Também:  Mais de 600 crianças se divertem em ação social promovida pela Polícia Civil

Ato contínuo o morador da casa onde a suspeita estava também foi abordado por outra equipe, e este afirmou que a jovem havia lhe entregado certa quantidade de drogas para ser vendida. Em seguida ele autorizou a entrada dos policiais civis no imóvel, sendo apreendidas 9 porções grandes de cocaína e cerca de R$ 350 em dinheiro, que segundo o mesmo havia sido entregue pela jovem. 

Ao ser entrevista a mulher relatou que em outros dois endereços também havia mais entorpecentes que estavam sob os seus cuidados. No primeiro local indicado, no mesmo bairro Morada Nova, foi apreendida uma sacola contendo 35 porções grandes de crack e mais 34 porções de cocaína, além de uma caixa com 200 munições de arma de fogo calibre .40. No segundo endereço foram localizadas 22 porções pequenas de cocaína, uma balança digital de precisão, vários envelopes bancários, cadernos com anotações referentes ao tráfico e uma máquina de cartão. Todos os materiais de embalagens eram idênticos. 

Diante do flagrante, a suspeita e o rapaz foram encaminhados com todo material apreendido até a Delegacia de Polícia de Confresa, interrogados e autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. A conduzida responderá também por posse ou porte ilegal de munições de uso restrito ou proibido. Após a confecção dos autos, ambos foram colocados à disposição da Justiça. 

Leia Também:  Homem que roubou residência na madrugada e ameaçou família é preso em flagrante por policiais civis

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Leia Também:  Sesp autoriza jornada voluntária dos profissionais das forças de segurança em Primavera do Leste

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA