(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil prende homem reincidente que traficava entorpecentes no bairro Vila União

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá), prendeu um traficante reincidente e que continuava comercializando entorpecentes na região do bairro Vila União.

O suspeito de 59 anos e que faz uso de tornozeleira eletrônica como medida cautelar aplicada pela Justiça, foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, após ser surpreendido com mais de 60 porções de pasta base de cocaína, dinheiro e outros materiais usados para o crime.

Os policiais civis realizavam diligências de combate a venda de entorpecentes na cidade, quando identificaram o suspeito novamente atuando no tráfico, razão pela qual o mesmo passou a ser monitorado.

No final da tarde de sexta-feira a equipe da Derf de Rondonópolis avistou a movimentação intensa de usuários no endereço do investigado no bairro Vila União, sendo então realizada a abordagem no suspeito.

No fundo da casa, mas precisamente dentro de um fogão de lenha, foram apreendidas várias pedras de pasta base de cocaína. No local também foi localizado mais de R$ 100 em dinheiro proveniente do tráfico e uma balança de precisão.

Leia Também:  Delegacia recebe doações para equipar Núcleo de Atendimento a Vítimas de Violência

Diante do flagrante o homem foi conduzido até a Derf de Rondonópolis, junto com todo material apreendido, interrogado e autuado por tráfico de drogas. Após a confecção dos autos o preso foi apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário. 

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Réu pela morte da ex-convivente tem prisão cumprida pela Polícia Civil

Publicados

em


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 53 anos, réu pelo feminicídio da ex-convivente, ocorrido em 2018 na cidade de Castanheira, noroeste do estado, foi preso nesta segunda-feira (18.10) pela Polícia Civil, em Nova Lacerda. O mandado de prisão preventiva foi cumprido pela equipe do delegado Ricardo Marques Sarto.

O réu foi preso em sua residência, localizada no centro da cidade, e estava aguardando o julgamento em prisão domiciliar.
Contudo, a decisão foi revogada e um novo mandado foi expedido pela 3a Vara Criminal da Comarca de Juína, onde tramita o processo do feminicídio. Agora, ele aguardará o júri em regime fechado.

A vítima, Rosana Borges das Neves, 31 anos, foi morta pelo réu que invadiu a residência de familiares dela, em Castanheira, e a atingiu com vários disparos de arma de fogo. Conforme o registro da ocorrência, a vítima ainda gritou por socorro e tentou fugir do autor do crime, mas foi atingida pelas costas.

Após os trâmites legais de formalização do mandado de prisão na Delegacia de Comodoro, o preso foi encaminhado à unidade prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Leia Também:  Homem é preso pela Polícia Civil após estupro cometido contra filha de seis anos

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA