(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil prende homem que tentou matar pai duas vezes em menos de 24 horas em Porto Alegre do Norte

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem que tentou matar o pai duas vezes em menos de 24 horas foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na sexta-feira (30.04), no município de Porto Alegre do Norte (1.125 km a nordeste de Cuiabá).

O fato teve início na noite de quinta-feira (29) quando o suspeito estava ingerindo bebida alcoólica em um bar no distrito de Nova Floresta e estava muito agressivo com todos os presentes.

O pai foi conversar com o filho, momento em que foi agredido fisicamente pelo suspeito com socos, dedo no olho, até chegar ao ponto de tentar asfixiar a vítima, somente não conseguindo por ter sido contido por terceiros que estavam no estabelecimento.

A vítima conseguiu fugir e foi para casa da mãe (avó do suspeito) onde passou a noite. Acreditando que o pai tivesse ido para casa, o filho foi até o local e como não o encontrou, quebrou vários itens e colocou fogo em alguns objetos dentro da residência.

O suspeito foi para casa dormir e assim que acordou na manhã seguinte foi até a casa da avó, onde novamente agrediu o seu pai e tentou matá-lo, sendo impedido pelos seus tios.

Leia Também:  Homem é preso em flagrante por homicídio tentado, após desferir golpes de faca em vítima

Assim que foi comunicada dos fatos, a equipe da Polícia Civil de Porto Alegre do Norte iniciou as diligências conseguindo realizar a prisão do suspeito em flagrante. Ele foi conduzido à delegacia, onde após ser interrogado pelo delegado João Paulo Firpo, foi autuado em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídio e dano.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Policiais civis recuperam motocicleta que foi vendida a vítima e estava com antigo dono do veículo

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva) recuperaram no fim de semana uma motocicleta modelo Honda Biz que teria sido furtada próximo ao bairro Dom Aquino, na Capital.

A equipe policial realizou pesquisas para checar a origem da motocicleta e localizou outros boletins de ocorrências de furto para o mesmo veículo, sendo dois deles registrados em abril e maio deste ano, um deles feito pelo mesmo comunicante, o que causou estranheza aos investigadores e a suspeita de se tratar de um golpe.

Com as informações em mãos, os policiais mantiveram contato com a vítima que constava em um dos boletins, que informou ter adquirido a motocicleta de seu patrão, que por sua vez a comprou de um ex-funcionário, sendo acertado que ele realizaria a transferência futura para a vítima do boletim que noticiou o furto.

A vítima disse ainda que o ex-dono da moto ligou informando que o veículo havia sido apreendido pela PM e estava no pátio de uma delegacia, contudo, ao checar essa suposta apreensão, os policiais da Derfva não localizaram nenhum registro.

Leia Também:  Polícia Civil doa equipamentos de segurança para unidade prisional de Comodoro

Os policiais então localizaram o endereço do antigo dono da motocicleta e ao chegar ao local foram informados de que ele havia saído de casa em uma motocicleta Honda Biz, com as características da moto que teria sido furtada. Minutos depois, o rapaz apareceu, porém, sem a motocicleta e disse que a deixou estacionada no bairro Alameda, em Várzea Grande.

A equipe da Derfva localizou a motocicleta no local informado e enquanto aguardava o guincho para transportá-la ao pátio da delegacia, a mãe do rapaz apareceu e agrediu verbalmente os policiais e insinuou estavam auferindo vantagem financeira do ex-patrão do filho.

A mulher e o filho foram conduzidos para a delegacia. Após ser apresentada ao delegado plantonista, ela pediu desculpas aos policiais.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA