(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil prende filho em flagrante filho que agrediu pai idoso em Sinop

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de agredir o próprio pai foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (20.01), em diligências realizadas pela equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso (DEDMCI) de Sinop (499 km ao norte de Cuiabá).

O suspeito, de 33 anos, agrediu o pai, de 66 anos, após o idoso defender a esposa e o neto das agressões do filho.

As diligências iniciaram após a vítima procurar a delegacia para relatar que há muitos anos sofre com as agressões do filho que mora na mesma residência e havia sido novamente agredido nesta quinta-feira (20).

Segundo o comunicante, o suspeito tentava bater no filho, de 2 anos, e na própria mãe (avó da criança) com uma vara, ocasião em que o idoso interveio e foi agredido. Após as agressões, o filho ainda disse para o pai que se o denunciasse iria matá-lo.

Assim que tomou conhecimento dos fatos, a equipe da DEDMCI de Sinop foi até a chácara onde a família mora, conseguindo realizar a prisão em flagrante do suspeito, que foi conduzido à Central de Flagrantes de Sinop para as providências cabíveis.

Leia Também:  Polícias Civil e Militar cumprem prisão de autor de homicídio ocorrido em setembro em São José do Xingu

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Autor de homicídio em Aripuanã é preso em flagrante pela Polícia Civil logo após o crime

Publicados

em

O autor do homicídio ocorrido em Aripuanã (1.002 km a noroeste de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (19.05), menos de seis horas após o crime. O suspeito confessou o crime e disse que o homicídio foi motivado pela vítima ter furtado seus pertences.

O corpo da vítima, Diego Costa Santos, de 30 anos, foi localizado em um barracão nos fundos de um posto, com o rosto desfigurado e o crânio esmagado. Ao lado do corpo havia uma lajota de concreta suja de sangue, possivelmente utilizada para golpear a vítima.

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações conseguindo colher as informações sobre as características físicas do suspeito e conseguindo localizá-lo no bairro Vila Operária, poucas horas após o fato.

Questionado, o suspeito confessou o crime e disse que a motivação seria o fato de ter alguns pertences subtraídos pela vítima. Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Aripuanã, onde após ser interrogado pelo delegado Flávio Leonardo Santana da Silva foi autuado em flagrante pelo crime.

Leia Também:  Polícia Civil recupera parte do valor subtraído de vítima de estelionato por meio da internet

Segundo o delegado, as diligências para apurar os fatos continuam, uma vez que há a possibilidade de ter mais uma pessoa envolvida no crime. “Graças ao empenho e dedicação da equipe, o crime foi esclarecido com a identificação da autoria e prisão do suspeito menos de seis horas após o crime”, destacou o delegado.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA