(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil prende cinco pessoas por tráfico de drogas e apreende uma arma de fogo furtada

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria | Polícia Civil-MT

A Polícia Civil prendeu em Nova Mutum (264 km ao norte de Cuiabá) cinco pessoas e apreendeu entorpecentes, uma arma de fogo e munições, no final da tarde de quinta-feira (22.07), durante diligências para averiguar uma denúncia anônima. 

A ação realizada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) com apoio da Delegacia Regional do município, resultou na autuação em flagrante dos suspeitos pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo de uso permitido, corrupção de menores e receptação.

Após informações sobre um endereço no bairro Flor de Pequi que vinha funcionando como ponto de venda de drogas, bem como na casa havia arma de fogo escondida, os policiais civis passaram a monitorar o local para apurar os fatos. 

Assim que se aproximaram da residência, as equipes já sentiram um forte odor de maconha. Ao perceberem a presença dos policiais, dois dos suspeitos tentaram correr para dentro do imóvel, porém foram detidos. Na sequencia os outros envolvidos foram abordados dentro da casa. 

Leia Também:  Polícia Civil cumpre mandados e prende seis pessoas em operação de combate à criminalidade em Rondonópolis

Em cima da geladeira foi encontrado um vidro contendo quatro porções de maconha, embaladas e prontas para a venda. Perguntados sobre de quem seria a droga, nenhum dos rapazes soube responder. . 

Dentro de um dos cômodos foram encontradas mais 5 porções de maconha, uma balança de precisão e um revolver calibre 38 municiados com seis munições intactas, além de dinheiro proveniente do tráfico. No outro quatro foi apreendida uma bolsa preta com oito pedaços de maconha aparentando ser do tipo “Skank” e mais duas pedras de pasta base de cocaína. 

Durante a entrada tática dos policiais civis na residência, alguns suspeitos danificaram três aparelhos celulares, bem como na casa havia uma criança que presenciava o tráfico e uso de drogas no local. Em pesquisa no sistema foi constato que a arma de fogo estava com registro de furto.

Diante dos fatos os cinco suspeitos foram conduzidos para delegacia junto com todo material apreendido, interrogados e autuados em flagrante delito. Após a confecção dos autos, os presos foram apresentados e colocados à disposição da Justiça.

Leia Também:  Homem é preso em flagrante na porta de delegacia após ameaçar vítima para retirar queixa contra irmão dele

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Polícia Civil intensifica ações sociais inseridas no programa De Cara Limpa Contra as Drogas

Publicados

em


Assessoria | Polícia Civil-MT

Em continuidade ao ciclo de ações sociais em Barra do Bugres (168 km a médio norte de Cuiabá), a Polícia Civil realizou mais duas atividades inseridas no programa “De Cara Limpa Contra as Drogas”. 

A primeira palestra foi ministrada na terça-feira (21.09), no plenário da Câmara de Vereadores, onde foi apresentado aos parlamentares municipais o programa “De Cara Limpa Contra as Drogas”, desenvolvido na região pela Delegacia de Barra do Bugres. Na ocasião foram falados sobre a forma de execução, objetivos e resultados alcançados com esse trabalho desenvolvido desde 2015.

Na segundo evento de cunho preventivo, o ciclo de palestras foi estendido a Unidade do Senai de Barra do Bugres onde foi dialogado sobre os temas: Violência Doméstica, Violência Infantil e Prevenção ao uso de drogas.

Conforme o investigador de polícia Marcos Antonio de Moura, a aceitação foi excelente inclusive contamos com o apoio na confecção de camisetas que serão doadas e distribuídas durante o evento aos participantes.

“No próximo dia 03 de outubro, acontecerá a abertura das palestras sobre drogas com duração de 3 a 4 meses, e o encerramento se dará com o Passeio Ciclístico Diga Não às Drogas e Sim a Vida, promovido pela Delegacia de Polícia Civil de Barra do Bugres e Paróquia Santa Cruz”, disse o policial civil.

Leia Também:  Investigado por homicídios e ocultação de corpos de duas mulheres, homem é condenado a 35 anos de prisão

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA