(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil prende agressor que lesionava e mantinha ex-companheira em cárcere privado

Publicados

A sociedade contra o crime

Um homem investigado pela cometimento de violência doméstica e familiar contra a ex-convivente, no município de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá), foi preso pela Polícia Civil, na terça-feira (21.06), em cumprimento de mandado judicial.

O suspeito de 31 anos teve a prisão preventiva decretada pelo juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Cáceres, após investigação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso do município.

Em abril deste ano, a ex-companheira de 21 anos e a ex-sogra de 42 anos, procuraram a DEDM de Cáceres para registrar a ocorrência contra o suspeito. Sendo então instaurado inquérito policial de ameaça e descumprimento de medidas protetivas.

Nas investigações constatou-se que o investigado é um indivíduo de alta periculosidade, lesionava a ex-mulher riscando o seu corpo com uma faca, bem como a deixava em cárcere privado na residência do casal.

Diante dos indícios apurados, a delegada da DEDM Paula Gomes Araújo, representou pelo pedido de prisão preventiva do agressor, expedido pelo Poder Judiciário.

Ele possui várias passagens criminais, inclusive responde por uma tentativa de feminicídio em desfavor da mesma mulher, e ainda profere ameaças dizendo ser membro de facção criminosa.

Leia Também:  Polícia Civil desarticula ponto de manipulação, distribuição e comércio de drogas em Cuiabá

Com o mandado em aberto, os policiais civis localizaram o procurado na região central de Cáceres. O preso foi conduzido para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Autor de homicídio em Arenápolis é preso em flagrante pelo Polícia Civil

Publicados

em

Um homem apontado como autor do homicídio ocorrido na noite de quarta-feira (27.07), no município de Arenápolis (258 km a médio norte de Cuiabá), foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante atendimento da ocorrência.

Os investigadores de Arenápolis foram informados sobre uma situação de tortura e de homicídio por meio de arma cortante, que vitimou a pessoa de José Augusto Rodrigues de Souza, 20 anos.

Imediatamente a equipe acompanhada do delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, foram até o hospital onde a vítima havia dado entrada, porém não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Em seguida, os policiais civis foram até o local dos fatos para obterem mais detalhes acerca do ocorrido. Durante entrevista com populares foi possivel qualificar o autor do homicídio, o qual foi localizado nas proximidades, sentado em frente de uma residência.

O suspeito foi levado até a Delegacia de Arenápolis, e no interrogatório assumiu o crime. Ele alegou que foi cercado por três indivíduos de uma facção rival, e passou a ser espancado com capacetes e uma mangueira, momento em que conseguiu sacar uma faca e golpeou a vítima.

Leia Também:  Homem é preso pela Polícia Civil por estupro cometido contra um casal de filhos

Conforme o delegado Hugo Abdon de Araujo Lima, os indícios apontam que o homicídio decorreu da legítima defesa, pelo fato que os três homens na função de “disciplina” dariam um salve no suspeito.

Após a confecção dos autos, o preso será apresentado e colocado à disposição do Poder Judiciário.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA