(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil ministra palestras para alunos de duas escolas estaduais em São José do Rio Claro

Publicados

A sociedade contra o crime

Cerca de 450 alunos da rede pública de ensino de São José do Rio Claro (315 km a médio norte de Cuiabá), participaram das atividades sociais e de cunho preventivo, realizadas pela Polícia Civil do município nesta semana.

As ações aconteceram em duas escolas estaduais, sendo ministradas palestras orientativas que abordaram diversos temas, além de roda de bate-papo visando aproximar a instituição com a comunidade escolar.

A primeira palestra foi na quarta-feira (11.05), na Escola Estadual Dr. Anísio José Moreira, onde aproximadamente 250 alunos acompanharam atentamente as apresentações.

Durante o encontro os adolescentes puderam conhecer o trabalho da Polícia Civil, o seu papel e função dentro da segurança pública.

O segundo evento foi realizado nesta sexta-feira (13.05), para 200 alunos da Escola Estadual São José do Rio Claro. Nesta unidade de ensino os policiais civis conversaram sobre o tema “Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher”.

Como forma de complementar as atividades escolares foram debatidos sobre a Lei Maria da Penha, que traz os direitos garantidos pela legislação que protege as vítimas desse tipo de violência.

Leia Também:  Polícia Civil prende em flagrante autor de homicídio de mulher ocorrido em Cotriguaçu
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Polícia Civil prende homem que matou mulher encontrada em veículo em Alta Floresta

Publicados

em

O homem identificado como autor do feminicídio de uma mulher encontrada morta dentro de um veículo na manhã desta quinta-feira (19.05) no município de Alta Floresta (803 km ao norte de Cuiabá) foi preso em flagrante pela Polícia Civil poucas horas depois do crime. A motivação do crime seria uma dívida de drogas.

Após ser identificado, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Alta Floresta, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de feminicídio, tentativa de destruição de cadáver e fraude processual (uma vez que tentou alterar a cena do crime).

O corpo da vítima, Aniely Alves de Souza, de 29 anos, foi localizado por volta de 08h50, parcialmente queimado, no interior de um veículo Toyota Corolla, estacionado na região central de Alta Floresta.

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil esteve no local, e durante os trabalhos uma das equipes verificou câmeras de segurança da região, identificando o momento em que a mulher chegou no veículo, estacionou em frente a uma residência e entrou pelo portão, enquanto outra pessoa ficou aguardando do lado de fora.

Leia Também:  Polícia Civil prende em flagrante autor de homicídio de mulher ocorrido em Cotriguaçu

Em continuidade as diligências, os policiais entrevistaram o morador da casa que o veículo estava estacionado na frente, que durante a conversa apresentou bastante nervosismo ao responder as perguntas, apresentando diversas contradições.

Durante os questionamentos das informações apresentadas, o suspeito decidiu confessar o crime, revelando que matou a vítima com uma faca de serra em decorrência de uma dívida de drogas que ele tinha com ela.

Após a vítima cair no chão, o suspeito a colocou dentro do veículo e ateou fogo no corpo, que só não queimou tudo, pelo fato das portas terem sido fechadas evitando a entrada de oxigênio, extinguindo as chamas.

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Alta Floresta e após ser formalmente interrogado pelo delegado Thiago Marques Berger foi autuado em flagrante pelos crimes de feminicídio, tentativa de destruição de cadáver e fraude processual.

“A perícia preliminar realizada pela Politec apontou o uso de arma perfuro cortante na execução do crime, o que corrobora com a narrativa do suspeito, que foi preso em flagrante graças a rápida atuação da Polícia Civil na apuração dos fatos”, disse o delegado.

Leia Também:  Polícia Civil localiza em boca de fumo homem que desapareceu em rodoviária da cidade
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA