(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil incinera aproximadamente 200 quilos de drogas apreendidas em Barra do Garças

Publicados

A sociedade contra o crime

Aproximadamente 200 quilos de entorpecentes apreendidos em ações das Forças de Segurança em Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá) foram incinerados pela Polícia Civil, na sexta-feira (13.05). A queima da droga ocorreu em local adequado, em fornos que operam com altas temperaturas.

No montante de drogas estão maconha e pasta base de cocaína apreendidas em vários procedimentos policiais instaurados pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Garças, relacionados aos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e uso de entorpecentes.

O resultado da ação representa a atuação das forças de segurança local na repressão ao tráfico drogas, desestruturando esse tipo de crime na região. Os trabalhos para a realização da destruição de drogas demandam um grande aparato de segurança e de procedimentos, eis que seguem rigoroso rito previsto em Lei, tratando-se de ato próprio de Polícia Judiciária.

A queima da droga contou com apoio e atuação da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (Politec), que realizou a conferência das drogas periciadas e autorizadas para incineração e também da Vigilância Sanitária Municipal que atuou na fiscalização do processo de incineração.

Leia Também:  Polícia Civil recebe investimentos de R$ 357 mil na aquisição de fuzis 556
Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Operação cumpre mandado contra organização criminosa especializada em roubo e furto de fertilizantes

Publicados

em

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Pedra Preta (238 km ao sul de Cuiabá) com apoio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (212 km ao sul) e Delegacia Regional, deflagrou na manhã desta terça-feira (17.05), a operação Deméter, com alvo em uma organização criminosa atuante em roubos e furtos de produtos agrícolas.

A operação tinha o objetivo de cumprir mandado de busca e apreensão contra organização criminosa investigada por diversas unidades da Polícia Civil do estado, atuando de norte a sul do estado de Mato Grosso, especialmente no furto e roubo de fertilizantes que são estacados no campo para posterior aplicação.

As investigações da Delegacia de Pedra Preta iniciaram para apurar um crime ocorrido no ano de 2021, ocasião em que parte da carga subtraída foi recuperada na cidade de Rondonópolis.

Durante as investigações, os policiais identificaram os veículos utilizados pelos criminosos, sendo um deles, apontado como um dos líderes, foi preso em flagrante também na cidade de Pedra Preta pela Polícia Militar, na ocasião portava uma arma tipo pistola 9 mm e objetos que deram subsídios para as investigações.

Leia Também:  Caminhões carregados com material irregular são flagrados durante operação da Polícia Civil em Comodoro

As apurações identificaram que criminosos possuem uma estrutura de logística ordenada e estruturada para aplicar tais crimes, agem com violência e grave ameaça em algumas ocasiões e possuem ramificações com outros criminosos na prática de crimes dessa espécie.

Outra investigação

Integrantes desta organização criminosa foram alvo da operação “Piratas do Agro”, deflagrada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), no mês de março deste ano, resultando em prisões e buscas concedidas pela Justiça. Na ocasião, foram apreendidos veículos, dinamites, armas entre outros objetos de origem ilícita. 

Nome da operação

O nome da operação faz referência a Deméter que é a deusa grega da colheita, da fertilidade, da terra cultivada, do direito sagrado e detém o ciclo da vida e da morte. Foi a reveladora da agricultura para o ser humano e orientou sobre o cultivo do milho e do trigo. Por isso, é também conhecida como deusa da agricultura.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA