(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil e Judiciário lançam ferramentas para quebrar o ciclo da violência doméstica

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

As mulheres que vivenciam situação de violência doméstica e familiar terão, a partir desta terça-feira (22 de junho), mais duas ferramentas para quebrar o ciclo da violência. Trata-se do aplicativo ‘SOS Mulher MT – Botão do Pânico’ e do ‘site Medida Protetiva On-line’, ambos desenvolvidos pela Polícia Civil de Mato Grosso em parceria com o Poder Judiciário de Mato Grosso e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

O aplicativo permitirá que a mulher tenha acesso ao Botão do Pânico, um pedido de socorro no formato virtual, quando o agressor descumprir a medida protetiva. Ao acionar o botão, em 30 segundos o pedido chega ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).  O Ciosp enviará a viatura mais próxima, em socorro à vítima.

 É importante ressaltar que o Botão do Pânico está disponível para mulheres que moram nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Cáceres e Rondonópolis, onde já tem unidades do Ciosp. Também é necessário lembrar que para ter acesso à ferramenta, um juiz precisa autorizar a liberação, que é solicitada no momento em que a vítima requere a medida protetiva. 

Leia Também:  Suspeito de ameaçar ex-companheira com faca é preso pela Polícia Civil em Nova Xavantina

Para as mulheres das demais cidades o aplicativo oferece as demais funcionalidades, como canal de denúncias, solicitação de medida protetiva e telefones de emergência. 
 
Já o site ‘Medida Protetiva Online’ permite que a mulher vítima de violência possa solicitar o serviço sem a necessidade se deslocar até uma delegacia. Mulheres de todo o estado podem solicitar medida protetiva online, pelo site ou pelo aplicativo SOS Mulher. Assim que a vítima preenche todos os dados, a medida protetiva será analisada por um delegado que, na sequência envia para um juiz para análise do pedido. A medida protetiva já é integrada ao Processo Judicial eletrônico (PJe), de forma ágil e segura, com resposta à vítima em poucas horas.

 Serviço

A cerimônia de lançamento será realizada às 14h do dia 22 de junho, de forma híbrida, ou seja, parcialmente presente no Auditório Gervásio Leite, localizado no TJMT, bem como pelo canal oficial do TJMT no YouTube.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Homem é preso com arma de fogo e munições em barreira policial em Jauru

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma ação de combate a criminalidade deflagrada pela Polícia Civil em Jauru (425 km a Oeste de Cuiabá) resultou na prisão de um homem flagrado em posse de um revólver calibre 32 e munições, na zona rural do município.

O suspeito, de 35 anos, foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. Os investigadores da Delegacia de Jauru realizavam uma barreira policial na estrada da Lucilava, quando abordaram a caminhonete L-200 conduzida pelo suspeito.

Durante busca veicular, os policiais encontraram o revólver calibre 32, com cinco munições intactas e uma deflagrada, e um recipiente com mais cinco munições intactas e outras cinco deflagradas.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Jauru, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo e munições.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Suspeita de aplicar 'golpe do amor' contra vítima de Cáceres é presa no interior do Rio Grande do Norte
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA