(65) 99638-6107

CUIABÁ

A sociedade contra o crime

Polícia Civil de MT cumpre mandados em operação contra tráfico internacional de drogas deflagrada em Goiás

Publicados

A sociedade contra o crime


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso, através da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), cumpriu dois mandados de busca e apreensão domiciliar em apoio a operação Narco Flight, deflagrada pela Polícia Civil do estado de Goiás, por meio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

A operação deflagrada, nesta quinta-feira (15.04), em quatro estados do país (Goiás, São Paulo, Mato Grosso e Santa Catarina) desarticulou a atuação de uma organização criminosa voltada para o tráfico de drogas interestadual e internacional com emprego de aeronaves.

Em Mato Grosso, os policiais da GCCO e da DRE cumpriram dois mandados de busca e apreensão domiciliar em endereços localizados na cidade de Várzea Grande. Um alvo com mandado de prisão decretado não foi localizado e continua foragido.

Investigações

As investigações da Polícia Civil de Goiás iniciaram há aproximadamente um ano e meio, mediante informações de que um helicóptero envolvido no transporte de drogas para o estado.

Leia Também:  Policiais civis localizam e prendem foragido de Goiás investigado por homicídio de ex-namorada

As investigações da Draco apontam que a organização criminosa está ligada a uma grande facção atuante em todo país e que neste um ano e seis meses já teria operado pelo menos sete aeronaves no comércio de entorpecentes.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

A sociedade contra o crime

Policiais civis recuperam motocicleta que foi vendida a vítima e estava com antigo dono do veículo

Publicados

em


Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva) recuperaram no fim de semana uma motocicleta modelo Honda Biz que teria sido furtada próximo ao bairro Dom Aquino, na Capital.

A equipe policial realizou pesquisas para checar a origem da motocicleta e localizou outros boletins de ocorrências de furto para o mesmo veículo, sendo dois deles registrados em abril e maio deste ano, um deles feito pelo mesmo comunicante, o que causou estranheza aos investigadores e a suspeita de se tratar de um golpe.

Com as informações em mãos, os policiais mantiveram contato com a vítima que constava em um dos boletins, que informou ter adquirido a motocicleta de seu patrão, que por sua vez a comprou de um ex-funcionário, sendo acertado que ele realizaria a transferência futura para a vítima do boletim que noticiou o furto.

A vítima disse ainda que o ex-dono da moto ligou informando que o veículo havia sido apreendido pela PM e estava no pátio de uma delegacia, contudo, ao checar essa suposta apreensão, os policiais da Derfva não localizaram nenhum registro.

Leia Também:  Homem descumpre medida protetiva e tem prisão cumprida pela Polícia Civil, na Capital

Os policiais então localizaram o endereço do antigo dono da motocicleta e ao chegar ao local foram informados de que ele havia saído de casa em uma motocicleta Honda Biz, com as características da moto que teria sido furtada. Minutos depois, o rapaz apareceu, porém, sem a motocicleta e disse que a deixou estacionada no bairro Alameda, em Várzea Grande.

A equipe da Derfva localizou a motocicleta no local informado e enquanto aguardava o guincho para transportá-la ao pátio da delegacia, a mãe do rapaz apareceu e agrediu verbalmente os policiais e insinuou estavam auferindo vantagem financeira do ex-patrão do filho.

A mulher e o filho foram conduzidos para a delegacia. Após ser apresentada ao delegado plantonista, ela pediu desculpas aos policiais.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

MATO GROSSO

POLÍCIA

Economia

BRASIL

MAIS LIDAS DA SEMANA